Nascar: Nelsinho promete volta por cima e diz que agora é feliz

Prestes a iniciar uma nova fase de sua carreira na Nascar, Nelsinho Piquet quer dar a volta por cima no mundo do automobilismo. Mirando ser o primeiro brasileiro a fazer bonito na Stock Car norte-americana, o filho do tricampeão mundial Nelson Piquet diz que agora é feliz, ao contrário do ano e meio que viveu na Fórmula 1.

“Para muita gente a vida acabou para mim. O que posso dizer é que a minha vida apenas começou, tenho 24 anos”, comentou o piloto, em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo. “Quando corria no esquema do Flavio (Briatore), eu acordava e começava a me preparar para ir ao autódromo a fim de enfrentar aquele desgaste todo. Isso é ser feliz?”, questionou.

A passagem de Nelsinho pela categoria que consagrou Nelson Piquet foi complicada: considerado uma promessa devido aos bons trabalhos nas categorias base, o jovem teve sérias dificuldades na Renault, que não contava com um bom carro e dava total privilégio a Fernando Alonso. Para piorar, ele aceitou a proposta de Briatore para bater deliberadamente no GP de Cingapura de 2008 a fim de beneficiar o espanhol. Meses depois, acabou demitido e contou toda a farsa, prejudicando muito o dirigente, mas também a si próprio.

“Eu abri o jogo para todo o mundo conhecer melhor quem é o Flavio. Ele sacaneou comigo o tempo todo, tinha de ser exposto”, explicou Nelsinho, que garante ainda ter as portas abertas na Fórmula 1. “Em dezembro, o próprio Bernie Ecclestone me telefonou para dizer que o Zoran Stefanovich me queria no seu time, o Stefan GP (equipe que tenta entrar na categoria em 2010 ou 2011). Conversamos muito”, destacou.

Segundo ele, a opção pelo automobilismo norte-americano foi em busca de tranquilidade. “Precisava mudar tudo na minha vida, não aguentava mais tanta gente falando de Cingapura, até a minha própria mãe. Chega. Errei, me arrependi profundamente, mas não posso me martirizar mais por isso. Nos Estados Unidos nunca me perguntaram nada sobre o que se passou, eles nem sabem o que é a Fórmula 1”, explicou.

Nelsinho diz ter abdicado da Indy “por já ter muito brasileiro lá”. Na Nascar, ele vai iniciar pela série Truck e pretende passar pela Nationwide antes de chegar à Sprint Cup, a categoria principal. Na nova empreitada, ele garante ter total apoio de Nelsão. “O que o meu pai mais deseja é ver os seus filhos vivendo bem, não infelizes, independentemente de ser dentro ou fora da Fórmula 1”, destacou.

Fonte: Gaqzeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *