Nascar Sprint Cup: Montoya nega planos de voltar à F-1 e critica categoria

Dois anos após deixar a Fórmula 1, o colombiano Juan Pablo Montoya confirmou nesta terça-feira que não pretende retornar à categoria onde pilotou por seis temporadas. O atual piloto da Nascar, 32 anos, critica a rotina antiga e diz que a nova estrutura da F-1 não permite uma personalidade forte, como a sua.

“Na Fórmula 1 eles querem que sejamos como um robô. Se você ter personalidade, vai encontrar problemas. Muitos das pessoas que estão na F-1 esquecem que aquilo é um esporte. A McLaren (sua ex-equipe), por exemplo, levava aquilo a sério demais”, definiu Montoya, ao jornal alemão Sport Bild.


Além da McLaren, o colombaino pilotou também pela Williams, onde trabalhou com Patrick Head, sócio da escuderia e um dos principais incentivadores de Montoya na categoria, além de amigo pessoal do piloto sul-americano.


“Foi na Williams onde tive a maior parte de divertimento dentro da F-1, a maioria das vezes tendo o Patrick como companheiro. Ele é uma pessoa sincera, que fala o que pensa, assim como eu. Era engraçado porque sempre começava a conversar de forma educada, mas nunca mantinha o tom até o final”, destacou.


Opinião diferente da que Montoya tem de Ron Dennis, principal dirigente da McLaren. “Ele tem uma agradável conversa com você em uma noite e na outra está zangado, é uma pessoa completamente diferente”, disse, provocando o antigo patrão. “Ele viu que o futuro do time é Lewiis Hamilton, não Fernando Alonso”, completou.


Fonte: Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *