NASCAR Sprint Cup Series: Clint Bowyer vence em Charlotte

Clint Bowyer (Toyota) venceu na noite de sábado (13/10), a Bank of America 500, no Charlotte Motor Speedway, 31ª etapa da NASCAR Sprint Cup Series e 5ª do Chase. Denny Hamlin (Toyota) e Jimmie Johnson (Chevrolet) completaram os três primeiros.

Com apenas trinta e seis voltas disputadas, três das cinco bandeiras amarelas da prova foram agitadas. A primeira com a rodada de Matt Kenseth (Ford) na curva 4, na 12ª volta. Logo na relargada, três voltas depois, Jeff Burton (Chevolet) e David Ragan (Ford), se enroscaram, com Tony Stewart (Chevrolet) tendo o carro danificado na confusão. Na 36ª volta, Paul Menard (Chevrolet), acertou o muro, provocando a 3ª amarela.

Vigésimo no grid, Brad Keselowski (Dodge) parou nos boxes durante a primeira amarela, e assumiu a ponta na relargada, na 42ª volta. Com bandeira verde, Keselowski foi para os boxes na 74ª volta, com Johnson indo para primeiro. Dez voltas depois Johnson foi para os boxes. Após o ciclo de pits, Keselowski reassumiu a ponta. 

Na 97ª volta, Johnson passou Keselowski entre as curvas três e quatro. Nove voltas depois, no mesmo lugar, Hamlin superou Keselowski.

Com outro ciclo de paradas, em bandeira verde, Keselowski foi para os boxes na 125ª volta. Hamlin parou 131ª volta, e Johnson quatro depois. Com as paradas completadas, Hamlin era o líder, seguido por Keselowski e Johnson, que na 141ª superou o piloto da Penske.

Hamlin e Johnson passaram a duelar pela ponta, entre trafego de carros retardatários. Na 166ª, após 124 voltas em bandeira verde, a amarela foi agitada, por detritos na curva um. Os lideres foram para os boxes, com Keselowski entrando no mesmo ciclo de paradas.Johnson troca apenas dois pneus.

Johnson era o líder na relargada, na 174ª volta, seguido por Hamlin e Keselowski. Em 4º, Greg Biffle (Ford), fez uma grande relargada, e por fora, assumiu a ponta. A estratégia de trocar apenas dois pneus não deu certo, e Johnson caiu para 7º.

Sete voltas depois, Biffle deu uma errada na curva dois, sendo ultrapassado por Keselowski e Hamlin. Pouco depois da 200ª volta, começou outra sessão de troca de pneus e reabastecimento. Hamlin parou na 221ª volta e Keselowski na seguinte.

Duas voltas depois, novamente por detritos, a quinta amarela foi agitada. Vários pilotos, entre eles Johnson e Hamlin, fizeram outra parada nos boxes.

Keselowski manteve a ponta na relargada, na 228ª volta, seguido por Kyle Busch (Toyota) e Biffle. Mais um ciclo de paradas começou, com Keselowski permanecendo na pista, uma volta a mais do que o necessário. O Dodge nº 2 ficou sem combustível, pouco antes da entrada do pit road, na 276ª volta. Keselowski conseguiu chegar até os boxes, mas caiu da liderança, para a 13ª posição.

Bowyer assumiu a ponta, por apenas três voltas. Na 278º fez a sua última parada nos boxes. Hamlin parou na 279ª volta, e Johnson na seguinte. Biffle era o líder, seguido por Kyle Busch e Mark Martin (Toyota).

Faltando vinte e cinco voltas para o final, e sem bandeira amarela, Kyle Busch e Martin foram para os boxes, para o ultimo pit stop. Na seguinte Biffle fez a sua parada. Bowyer assumiu a ponta, seguido por Hamlin e Johnson.

Com os três primeiros economizando combustível nas voltas finais, Bowyer venceu com 0s417 de vantagem sobre Hamlin. Bowyer liderou 29 voltas, incluindo as 25 finais.

Johnson foi o 3º. Biffle terminou em 4º, seguido por Kyle Busch. Martin, Carl Edwards (Ford), Kasey Kahne (Chevrolet), Joey Logano (Toyota) e Martin Truex Jr. (Toyota) completaram os dez primeiros. Destes apenas Busch, Martin, Edwards e Logano não disputam o Chase.

Entre os demais postulantes ao título, Keselowski, líder do Chase, foi o 11º, Stewart 13º, Kenseth 14º, Harvick 16º, e Jeff Gordon (Chevrolet) o 18º. Fora da prova, devido a uma concussão, Dale Earnhardt Jr. foi substituído por Regan Smith, que fazia uma boa prova, entre os dez primeiros, até o motor estourar na 61ª volta.

Estreando na Furniture Row, Kurt Busch (Chevrolet), terminou em 21º. Retornando a categoria, após ser suspenso por uso de substância proibida, A.J.Allmendinger (Chevrolet) foi o 24º.

Keselowski lidera o Chase com 2214 pontos, sete a mais do que Johnson. Hamlin é o 3º com 2199, seguido por Bowyer com 2186.

A próxima etapa acontece no Kansas, no dia 21 de outubro.

Final:

1 – Clint Bowyer (Toyota) – Waltrip – 334 voltas
2 – Denny Hamlin (Toyota) – Gibbs – 334
3 – Jimmie Johnson (Chevrolet) – Hendrick – 334
4 – Greg Biffle (Ford) – Roush – 334
5 – Kyle Busch (Toyota) – Gibbs – 334
6 – Mark Martin (Toyota) – Waltrip – 334
7 – Carl Edwards (Ford) – Roush – 334
8 – Kasey Kahne (Chevrolet) – Hendrick – 334
9 – Joey Logano (Toyota) – Gibbs – 334
10 – Martin Truex Jr. (Toyota) – Waltrip – 334
11 – Brad Keselowski (Dodge) – Penske – 334
12 – Aric Almirola (Ford) – Petty – 334
13 – Tony Stewart (Chevrolet) – Stewart/Haas – 334
14 – Matt Kenseth (Ford) – Roush – 334
15 – Sam Hornish (Dodge) – Penske – 334
16 – Kevin Harvick (Chevrolet) – Childress – 334
17 – Jamie McMurray (Chevrolet) – Ganassi – 334
18 – Jeff Burton (Chevrolet) – Childress – 332
19 – Juan Montoya (Chevrolet) – Ganassi – 332
20 – Ryan Newman (Chevrolet) – Stewart/Haas – 332
21 – Kurt Busch (Chevrolet) – Furniture Row – 332
22 – Trevor Bayne (Ford) – Wood – 332
23 – David Gilliland (Ford) – Front Row – 331
24 – AJ Allmendinger (Chevrolet) – Phoenix – 330
25 – Travis Kvapil (Toyota) – BK – 330
26 – Landon Cassill (Toyota) – BK – 329
27 – Paul Menard (Chevrolet) – Childress – 328
28 – Jeff Burton (Chevrolet) – Childress – 327
29 – Casey Mears (Ford) – Germain – 327
30 – David Reutimann (Chevrolet) – Waltrip – 327
31 – Michael McDowell (Ford) – Parsons – 326
32 – Bobby Labonte (Toyota) – JTG – 324
33 – Marcos Ambrose (Ford) – Petty – 303
34 – David Ragan (Ford) – Front Row – 287
35 – Ricky Stenhouse (Ford) – Roush – 190
36 – Timmy Hill (Ford) – MaxQ – 182
37 – David Stremme (Toyota) – Inception – 62
38 – Regan Smith (Chevrolet) – Hendrick – 61
39 – Mike Bliss (Toyota) – Humphrey Smith – 53
40 – Scott Speed (Ford) – Leavine – 50
41 – Reed Sorenson (Chevrolet) – Turn One – 32
42 – J.J. Yeley (Toyota) – Robinson – 30
43 – Dave Blaney (Chevrolet) – Baldwin – 25

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *