NASCAR Sprint Cup Series: Jimmie Johnson vence no Texas

Jimmie Johnson (Chevrolet) venceu neste domingo (04/11), a AAA Texas 500, no Texas Speedway, 34ª etapa da NASCAR Sprint Cup Series e 8ª do Chase. Foi a 5ª vitória do piloto da Hendrick Motorsports no ano, e 60ª na categoria. Brad Keselowski (Dodge) e Kyle Busch (Toyota) completaram os três primeiros.

Keselowski liderava a prova, quando na 275º volta, a sexta bandeira amarela, por detritos na pista, foi agitada. O piloto da Penske foi para os boxes, onde perdeu oito posições, em dois incidentes.

Keselowski escorregou e não parou na posição correta no pit. Depois, Danica Patrick (Chevrolet), que tinha o pit logo à frente, parou errado, e bloqueou a saída de Keselowski.

Com uma forte condução, Keselowski foi recuperando posições, até reassumir a ponta, ao trocar apenas dois pneus, durante a 7ª amarela (causada pela batida de Marcos Ambrose na 311ª volta). Kyle Busch era o 2º, seguido por Johnson.

Na 321º volta, um múltiplo acidente, envolvendo Kasey Kahne (Chevrolet), Jeff Gordon (Chevrolet) e Greg Biffle (Ford) se enroscaram na curva dois, provocando a 8ª amarela.

Após a relargada, na 327ª volta, Keselowski e Johnson passaram a andar lado a lado, com os carros chegando a se tocar. Faltando cinco voltas para o final, Mark Martin (Toyota), depois de um toque com Carl Edwards (Ford). A última amarela foi acionada, levando a prova para o tempo extra.

Na relargada, para mais duas voltas em bandeira verde, Johnson superou Keselowski, por fora, assumindo a ponta. No final, o líder do Chase recebeu a bandeirada com 0s808 de vantagem sobre o vice-líder.  Foi a segunda vitória consecutiva do pentacampeão.

Johnson largou na pole e liderou 168, das 335 voltas (uma a mais do que o programado). Keselowski liderou 75 voltas.

Busch, que não disputa o Chase, terminou em 3º, após liderar 80 voltas. Matt Kenseth (Ford) terminou em 4º, seguido por Tony Stewart (Chevrolet). Clint Bowyer (Toyota), Dale Earnhardt Jr. (Chevrolet), Kurt Busch (Chevrolet), Kevin Harvick (Chevrolet) e Biffle fecharam os dez primeiros. Destes apenas os irmãos Busch não disputam o Chase.

Dos demais participantes do Chase; Martin Truex Jr. (Toyota) terminou em 13º, seguido por Gordon. Denny Hamlin (Toyota) foi o 20º e Kahne foi o 20º.

Foram nove bandeiras amarelas, por 49 voltas. A prova teve 3h43m18s de duração.

A primeira amarela, por detritos, apareceu apenas na 100ª volta. Nove voltas depois, A.J.Allmendinger (Chevrolet) bateu, e provocou a segunda. Na 119ª, Juan Pablo Montoya (Chevrolet )escapou da pista, acionando a 3ª amarela. Novamente por detritos, a 4e a 5ª e a 6ª amarelas foram acionadas nas voltas 186, 224 e 275. A batida de Ambrose (Ford) provocou a 7ª, na 311ª volta. O enrosco entre Kahne, Gordon e Biffle, acionou a penúltima na 321ª volta. A rodada de Martin, após o toque de Edwards, provocou a 9ª na 331ª volta.

Johnson lidera o Chase com 2339 pontos, sete a mais do que Keselowski. Bowyer é o 3º com 2303.

A penúltima etapa acontece no dia 11 de novembro, em Phoenix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *