NASCAR Sprint Cup Series: Kevin Harvick vence em Charlotte

Kevin Harvick (Childress Chevrolet) venceu na noite de domingo (26/05) a Coca-Cola 600, no Charlotte Motor Speedway, 12ª etapa da NASCAR Sprint Cup Series. Fo ia sua segunda vitória no ano, e 21ª na categoria. Kasey Kahne (Hendrick Chevrolet) e Kurt Busch (Furniture Row Chevrolet) completaram os três primeiros.

Faltando 16 voltas para o final, a última bandeira amarela foi agitada, por detritos na pista. Kahne foi o único piloto a não entrar nos boxes. Harvick trocou dois pneus e alinhou ao lado de Kahne na relargada. Com a bandeira verde agitada, o carro #29, com pneus novos, superou o #5.

No final das 400 voltas, de uma prova longa marcada por diversos acidentes e duas bandeiras vermelhas, Harvick recebeu a bandeirada com 1s491 de vantagem sobre Kahne (que liderou o maior número de voltas, 161).

Kurt Busch foi o terceiro, após o carro “apagar” durante a segunda bandeira vermelha, para reparos na pista, na 326ª volta. Seu Chevrolet foi guinchado pelo caminhão de segurança, com os mecânicos trocando a bateria nos boxes, sem Busch perder a volta.

Pole-position Denny Hamlin (Joe Gibbs Toyota) terminou em quarto, seguido por Joey Logano (Penske Ford). Ryan Newman (Stewart-Haas Chevrolet), Tony Stewart (Stewart-Haas Chevrolet), Clint Bowyer (Waltrip Toyota), Denny Hamlin (Joe Gibbs Toyota) e Marcos Ambrose (Petty Ford) completaram os dez primeiros.

Na 122ª volta, um cabo guia da “CamCat,”, câmera operada por controle remoto quebrou a caiu na pista. Vários carros ficaram danificados, por terem passado por cima do cabo. Os carros de Ambrose e de Kyle Busch (Joe Gibbs Toyota), então líder da prova, foram os mais danificados.

Dez espectadores acabaram se ferindo com o cabo rompido. Três foram levados para um hospital, onde foram medicados e liberados.

A direção da NASCAR consultou o livro de regras, e permitiu as equipes consertarem os danos nos carros, durante os 15 minutos de paralisação. Na relargada, na 131ª volta, as posições foram restabelecidas antes da quebra do cabo.

Kyle e seu irmão Kurt lideraram o pelotão após a relargada, até Matt Kenseth tomar a liderança do parceiro de equipe, durante uma rodada de pit stops, em bandeira verde, na 171ª volta.

Na 258ª volta, os motores de Dale Earnhardt Jr (Hendrick Chevrolet) e Kyle estouraram quase no mesmo instante, provocando a bandeira amarela. O óleo derramado pelo carro de Earnhardt acabou provocando as rodadas de Greg Biffle  (Roush Fenway Ford), Travis Kvapil (BK Toyota) e Dave Blaney (Baldwin Chevrolet).

Kenseth foi o único a permanecer na pista, acabando por perder a liderança para Kahne, sete voltas depois da relargada, na 267ª volta. Para azar de Kenseth, três voltas após ele entrar nos boxes, na 304ª volta, a bandeira amarela, por detritos foi agitada, com o piloto perdendo muitas posições.

Logo após a relargada, na 325ª volta, um acidente envolveu Jeff Gordon (Hendrick Chevrolet), Mark Martin (Waltrip Toyota) e Aric Almirola (Petty Ford). A bandeira vermelha foi agitada pela segunda vez.

Com a prova reiniciada, o pentacampeão Jimmie Johnson (Hendrick Chevrolet) rodou na 333ª volta, com a confusão envolvendo também Kenseth, Juan Pablo Montoya (Earnhardt Ganassi Chevrolet) e Paul Menard (Childress Chevrolet).

Kahne e Harvick passaram a duelar pela vitória, com Kahne assumindo a ponta na 341ª volta. Na rodada de pits, em bandeira verde, Harvick reassumiu a liderança na 364ª volta. Na rodada de paradas seguinte, o piloto da Hendrick retomou a ponta, até a última amarela ser agitada, na 384ª volta.

Johnson lidera o campeonato com 445 pontos, 32 a mais do que Carl Edwards (Roush Fenway Ford), que terminou a prova na 11ª posição. Kenseth é o terceiro com 394.

A próxima etapa acontece em Dover, no dia 02 de junho.

Final:

1 – Kevin Harvick (Chevy) – Childress – 400 voltas
2 – Kasey Kahne (Chevy) – Hendrick – 400
3 – Kurt Busch (Chevy) – Furniture Row – 400
4 – Denny Hamlin (Toyota) – Gibbs – 400
5 – Joey Logano (Ford) – Penske – 400
6 – Ryan Newman (Chevy) – Stewart/Haas – 400
7 – Tony Stewart (Chevy) – Stewart/Haas – 400
8 – Clint Bowyer (Toyota) – Waltrip – 400
9 – Martin Truex Jr. (Toyota) – Waltrip – 400
10 – Marcos Ambrose (Ford) – Petty – 400
11 – Carl Edwards (Ford) – Roush – 400
12 – Jeff Burton (Chevy) – Childress – 400
13 – Paul Menard (Chevy) – Childress – 400
14 – Ricky Stenhouse Jr. (Ford) – Roush – 398
15 – Matt Kenseth (Toyota) – Gibbs – 398
16 – Trevor Bayne (Ford) – Wood – 397
17 – Regan Smith (Chevy) – Phoenix – 397
18 – Juan Pablo Montoya (Chevy) – Ganassi – 397
19 – Jamie McMurray (Chevy) – Ganassi – 396
20 – David Gilliland (Ford) – Front Row – 396
21 – David Reutimann (Toyota) – BK Racing – 396
22 – Jimmie Johnson (Chevy) – Hendrick – 395
23 – Casey Mears (Ford) – Germain – 394
24 – Bobby Labonte (Toyota) – JTG – 394
25 – David Ragan (Ford) – Front Row – 394
26 – Josh Wise (Ford) – Front Row – 393
27 – Timmy Hill (Ford) – FAS Lane – 391
28 – J J Yeley (Chevy) – Baldwin – 390
29 – Danica Patrick (Chevy) – Stewart/Haas – 385
30 – Dave Blaney (Chevy) – Baldwin – 339
31 – Greg Biffle (Ford) – Roush – 335
32 – David Stremme (Toyota) – Swan – 326
33 – Aric Almirola (Ford) – Petty – 324
34 – Mark Martin (Toyota) – Waltrip – 324
35 – Jeff Gordon (Chevy) – Hendrick – 324
36 – Brad Keselowski (Ford) – Penske – 317
37 – Landon Cassill (Chevrolet) – Childress – 303
38 – Kyle Busch (Toyota) – Gibbs – 257
39 – Dale Earnhardt Jr. (Chevy) – Hendrick – 256
40 – Travis Kvapil (Toyota) – BK Racing – 253
41 – Joe Nemechek (Toyota) – Nemco – 213
42 – Michael McDowell (Ford) – Curb – 50
43 – Scott Speed (Ford) – Leavine – 39

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *