Nascar Sprint Cup Series: Kevin Harvick vence em Richmond

Kevin Harvick (Childress Chevrolet) venceu na noite de sábado (27/04), a Toyota Owners 400, no Richmond International Raceway, 9ª etapa da NASCAR Sprint Cup Series. Foi a sua primeira vitória de Harvick no ano e 20ª na categoria. Clint Bowyer (Waltrip Toyota) e Joey Logano (Penske Ford) completaram os três primeiros.

Até a 254ª, a prova teve apenas dois líderes, Matt Kenseth (Joe Gibbs Toyota) e Bowyer. Naquele momento Kyle Busch (Joe Gibbs Toyota) superou Kenseth. Busch liderou até a 292ª volta, quando Travis Kvapil (BK Toyota) acertou o muro, provocando a sexta bandeira amarela.

No Pit Road, Kyle perdeu a liderança para o irmão, Kurt Busch (Furniture Row Chevrolet). Nove voltas após a relargada, a amarela foi acionada novamente, devido a óleo derramado na pista pelo carro de Kvapil.

Na relargada, na 321ª volta, o líder do campeonato, Jimmie Johnson (Hendrick Chevrolet) se enroscou com Martin Truex Jr (Waltrip Toyota). Seis voltas depois, em outra relargada, Johnson voltou a se envolver em um toque na curva um. Desta vez com (Stewart-Haas Chevrolet), com Johnson escorregando na curva dois, e atingindo Kyle Busch.

Na relargada, na 334ª volta, Juan Pablo Montoya (Earnhardt Ganassi Chevrolet) era o líder. Quatro voltas depois, um forte acidente envolveu Mark Martin (Waltrip Toyota), Kasey Kahne (Hendrick Chevrolet) e Brian Vickers (Joe Gibbs Toyota), provocando outra amarela.

Na relargada, Truex rodou, ao disputar a segunda posição com Kurt Busch. Após nova relargada, Montoya manteve a liderança, até Vickers acertar o muro, faltando cinco voltas para o final. A 11ª amarela foi acionada, levando a prova para o tempo extra.

A maioria dos pilotos foi para os boxes, colocar pneus novos. Na relargada, na 403ª volta, Harvick, com pneus novos, passou da 7ª posição para a liderança em poucos metros.

Harvick recebeu a bandeirada com 0s343 de vantagem sobre Bowyer, que liderou 113 voltas. Harvik foi líder apenas nas três voltas finais. A prova teve seis voltas a mais do que as 400 programadas.

Logano foi o terceiro. Líder por 67 voltas, Montoya, que tentava quebrar um jejum de vitórias de 94 vitórias (Watkins Glen em 2010), terminou em quarto, seguido por Jeff Burton (Childress Chevrolet), que fez as voltas finais com os pneus velhos, e líder, não teve como segurar o pelotão na relargada.

Carl Edwards (Roush Fenway Ford), Kenseth (que liderou 140 voltas), Aric Almirola (Petty Ford), Kurt Busch, que no final tocou em Stewart, e Dale Earnhardt Jr Hendrick (Chevrolet) fecharam os dez primeiros.

Johnson ainda salvou uma 12ª posição, mantendo a liderança do campeonato.

Atual campeão, Brad Keselowski (Penske Ford), acertou o muro no começo da prova. Terminou na 33ª posição.

Johnson soma 343 pontos, 43 mais do que Edwards. Kahne é o terceiro com 297.

A próxima etapa acontece no Talladega Superspeedway, no dia 05 de maio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *