NASCAR Sprint Cup Series: Kyle Busch vence no Texas

Fazendo a sua 300ª prova na categoria, Kyle Busch (Joe Gibbs Toyota) venceu na noite de sábado (13/04), a NRA 500, no Texas Motor Speedway, 7ª etapa da NASCAR Sprint Cup. Foi a segunda vitória de Busch no ano e 26ª na categoria. Martin Truex Jr. (Waltrip Toyota) terminou em segundo, seguido por Carl Edwards (Roush Fenway Ford).

Na 280ª volta, David Gilliland (Front Row Ford) acertou Marcos Ambrose (Petty Ford), provocando a 6ª bandeira amarela da prova. Com as bandeira sendo agitada; Jeff Burton (Childress Chevy) acertou a traseira de Mark Martin (Waltrip Toyota), indo direto no muro.

Truex e Busch já estavam no pit road, quando a bandeira foi agitada. Os dois permaneceram na ponta, na relargada, na 291ª volta.

Na 314ª volta, a última amarela foi agitada (por detritos na curva quatro). Os lideres foram para os boxes, para trocar os quatro pneus. Busch saiu dos boxes a frente de Truex, o que provocou uma enorme comemoração nos boxes da JGR.

Pole-position, Busch liderou 171, das 334 voltas da prova. Ele recebeu a bandeirada com 0s508 de vantagem sobre Truex Jr. (que liderou 142 voltas).  Busch encerrou um final de semana perfeito, já que na sexta-feira venceu a prova da Nationwide Series. Foi a sétima vez que Busch venceu as duas provas no mesmo final de semana, recorde da NASCAR.

Após a prova, o carro de Truex Jr. não passou na vistoria técnica. O carro foi mandado para o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da NASCAR, para maiores avaliações.

Edwards foi o terceiro. Em uma ótima prova, Greg Biffle (Roush Fenway) terminou em quarto, após largar da 35ª posição. Também em ótima prova, Joey Logano (Penske Ford), que teve que alinhar em último devido à troca de uma peça dianteira do carro antes da prova, fechou os cinco primeiros.

Líder do campeonato, Jimmie Johnson (Hendrick Chevy), terminou em sexto, seguido por Brian Vickers (Joe Gibbs Toyota). Atual campeão, Brad Keselowski (Penske Ford) também fez uma prova de recuperação, terminando na 9ª posição. Ryan Newmann (Stewart-Haas Chevy) foi o décimo.

Os dois carros da Penske tiveram uma peça da dianteira confiscada pela NASCAR, forçando a equipe a trocar a peça antes da prova. Keselowski conseguiu ir para o grid em tempo para a largada. Com o carro ainda no pit roda, Logano teve que largar em último.

Jeff Gordon (Hendrick Chevy) lutava pela vitória, até quebrar a suspensão dianteira, e abandonar na 306ª volta.

A prova, de 3h27m40s de duração, teve sete bandeiras amarelas, por 36 voltas.

Johnson lidera o campeonato com 269 pontos. Keselowski em segundo soma 260, seguido por Kyle Busch com 251 pontos.

A próxima etapa acontece no Kansas, no dia 21 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *