NASCAR Sprint Cup Series: No Texas, Matt Kenseth quebra jejum de dois anos

Matt Kenseth (Ford) venceu na noite de sábado (09/04), a Samsung Mobile 500, no Texas Motor Speedway, 7ª etapa da NASCAR Sprint Cup Series. Foi a primeira vitória de Kenseth desde 2009 (no Auto Club Speedway, em Fontana). Clint Bowyer (Chevrolet) e Carl Edwards (Ford) completaram os três primeiros.

Líder em 169 das 334 voltas, Kenseth venceu com 8s315 de vantagem sobre Bowyer, que liderou 44 voltas e quase rodou ao dar uma volta em Brian Vickers (Toyota) no meio da prova. Foi a 19ª vitória de Kenseth na categoria. Parceiros de Kenseth na Roush Fenway Racing, Carl Edwards (novo líder do campeonato) e Greg Biffle terminaram em 3º e 4º lugar. Paul Menard (Chevrolet) foi o 5º, seguido por Marcos Ambrose (Ford).

Pole-position, David Ragan, também da Roush Fenway Racing, chegou em 7º, com o pentacampeão Jimmie Johnson (Chevrolet) na 8ª posição, seguido por seu parceiro de equipe Dale Earnhardt Jr.. Kurt Busch (Dodge) fechou os dez primeiros.

Na 215ª volta, logo após uma relargada, aconteceu o maior acidente de uma prova relativamente calma. A 5ª e última bandeira amarela foi agitada. A batida envolveu entre outros; Martin Truex Jr. (Toyota); Mark Martin (Chevrolet); Regan Smith (Chevrolet) e Brad Keselowski (Dodge).

Com as últimas 114 voltas em bandeira verde, a disputa pela vitória, entre Kenseth, Bowyer, Tony Stewart (Chevrolet) e Kurt Busch foi intensa. Stewart e Busch tentavam prolongar a permanência na pista, economizando combustível.

Stewart ficou na pista até a 276ª volta, esperando completar a prova sem outra parada. Contudo o piloto da Stewart/Haas levou uma punição por excesso de velocidade no pit road, perdendo posições.

Faltando 13 voltas para o final Kenseth superou Kurt Busch, que não teve a bandeira amarela que esperava, para encerrar um jejum de 76 provas.

Stewart era 3º quando ficou sem combustível na última volta, terminando na 12ª posição.

Kyle Busch (Toyota), que chegou ao Texas como líder do campeonato, foi apenas o 16º. Ele teve que fazer uma pit stop extra, devido a uma roda solta, logo após sua penúltima parada.

Edwards lidera o campeonato com 256 pontos, nove a mais do que Kyle Busch. Kenseth é o 3º com 243.

A próxima etapa, a Aaron’s 499, no Talladega Superspeedway, no domingo 17 de abril.

Final:

1 – Matt Kenseth (Ford) – Roush Fenway – 334 voltas em 3h21m26s00
2 – Clint Bowyer (Chevrolet) – Childress – 334
3 – Carl Edwards (Ford) – Roush Fenway – 334
4 – Greg Biffle (Ford) – Roush Fenway – 334
5 – Paul Menard (Chevrolet) – Childress – 334
6 – Marcos Ambrose (Ford) – Waltrip – 334
7 – David Ragan (Ford) – Roush Fenway – 334
8 – Jimmie Johnson (Chevrolet) – Hendrick – 334
9 – Dale Earnhardt Jr. (Chevrolet) – Hendrick – 334
10 – Kurt Busch (Dodge) – Penske – 334
11 – Jeff Burton (Chevrolet) – Childress – 334
12 – Tony Stewart (Chevrolet) – Stewart/Haas – 334
13 – Juan Montoya (Chevrolet) – Ganassi – 333
14 – Ryan Newman (Chevrolet) – Stewart/Haas – 333
15 – Denny Hamlin (Toyota) – Gibbs – 333
16 – Kyle Busch (Toyota) – Gibbs – 333
17 – Trevor Bayne (Ford) – Wood – 333
18 – Brad Keselowski (Dodge) – Penske – 333
19 – A.J. Allmendinger (Ford) – Petty – 332
20 – Kevin Harvick (Chevrolet) – Childress – 332
21 – Kasey Kahne (Toyota) – Red Bull – 332
22 – Jamie McMurray (Chevrolet) – Ganassi – 332
23 – Jeff Gordon (Chevrolet) – Hendrick – 332
24 – Joey Logano (Toyota) – Gibbs – 331
25 – Bobby Labonte (Toyota) – JTG – 331
26 – Casey Mears (Toyota) – Germain – 331
27 – Brian Vickers (Toyota) – Red Bull – 330
28 – Landon Cassill (Chevrolet) – Phoenix – 330
29 – David Reutimann (Toyota) – Waltrip – 329
30 – Dave Blaney (Chevrolet) – Baldwin – 329
31 – Robby Gordon (Dodge) – Gordon – 328
32 – Andy Lally (Ford) – TRG – 324
33 – Ken Schrader (Ford) – FAS Lane – 319
34 – Tony Raines (Ford) – Front Row – 319
35 – Martin Truex Jr. (Toyota) – Waltrip – 213
36 – Mark Martin (Chevrolet) – Hendrick – 213
37 – Regan Smith (Chevrolet) – Furniture Row – 212
38 – David Starr (Ford) – Leavine – 122
39 – Joe Nemechek (Toyota) – Nemco – 60
40 – Michael McDowell (Toyota) – HP Racing – 56
41 – J.J. Yeley (Chevrolet) – Whitey – 52
42 – David Gilliland (Ford) – Front Row – 44
43 – Mike Skinner (Toyota) – Germain – 36

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *