Outras: Antes de estrear na Nascar, Nelsinho Piquet compete no Brasil e África do Sul

Piloto disputa os 1000 Km de Interlagos, no próximo final de semana e, na semana seguinte, competirá em circuito oval na África do Sul.

O piloto brasileiro Nelsinho Piquet fará sua primeira corrida na temporada 2010 no próximo final de semana (22 a 24 de janeiro), disputando os 1000 Km de Interlagos, em São Paulo, prova que faz parte do GP Cidade de São Paulo, evento em comemoração ao aniversário da capital paulista (25 de janeiro).  Já no final de semana seguinte (29 a 31 de janeiro), Nelsinho estará na África do Sul, mas precisamente no Phakisa Freeway, circuito que sediará a Free State 500, prova inaugural da ASA Racing, a versão sul-africana da Nascar.

No Brasil, Nelsinho pilotará um Mitsubishi Lancer Evolution X, em companhia dos pilotos Leandro de Almeida e Eduardo de Souza Ramos. A prova terá 233 voltas ou 8 horas de duração, a depender das condições climáticas em São Paulo no próximo domingo. A largada será dada ao meio-dia (horário de Brasília). Nelsinho já disputou – e venceu – as 1000 Milhas de Interlagos, outro tradicional evento de longa duração disputado no circuito paulista, em 2006. Esta será a sua primeira participação nos 1000 Km de Interlagos.

Nascar na África do Sul

Após competir em Interlagos, Nelsinho voará para a África do Sul, onde competirá em circuito oval com um carro da recém-criada versão sul-africana da Nascar. A prova, denominada “Free State 500”, será disputada no complexo de Phakisa Freeway, onde já foi disputado, por exemplo, o GP da África do Sul do Mundial de Motociclismo (MotoGP). O complexo possui um circuito misto de 4.240 metros de extensão e um oval inclinado de 1,5 milha, o único do país, que é inspirado no Las Vegas Motor Speedway, que fica em Nevada, nos Estados Unidos. Esta será a primeira vez que Nelsinho Piquet competirá neste tipo de pista. Os treinos livres serão realizados na sexta-feira (29), e a corrida, com 207 voltas de duração, o equivalente a 500 quilômetros, será realizada no domingo.

“É sensacional voltar a competir e ainda mais em dois finais de semana consecutivos. São provas muito diferentes, mas serão um teste de resistência e isso será ótimo para a minha adaptação ao desafio que terei pela frente”, revelou Nelsinho. “Especialmente a prova na África do Sul irá me trazer uma boa experiência com um carro que tem o mesmo estilo da Nascar, antes da minha estreia nos Estados Unidos. Não vejo a hora de voltar a acelerar e quem sabe começar o ano com bons resultados”, finalizou o piloto brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *