Outras: ECPA abrem temporada de velocidade na terra

Ainda no sábado, dia 24, o autódromo do Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA), estará aberto para os primeiros treinos livres, visando a preparação dos pilotos que disputam a primeira etapa do certame estadual de Velocidade na Terra. A sessão de treinos acontece das 13 às 17 horas. No domingo, a programação começa às 9h50 com um warm-up e em seguida acontecem as tomadas de tempo classificatórias para todas as categorias. As provas têm início a partir das 13 horas.

Vários pilotos já confirmaram presença na prova inaugural da temporada, entre os nomes de destaque estão todos os campeões do ano passado, que voltam para defender os títulos.

O mato-grossense Raijan Mascarello, que no ano passado ficou com o vices-campeonatos paulista e brasileiro, não quer deixar escapar o título nesta temporada. “Mesmo sabendo que a cada ano que passa os campeonatos vão ficando mais difíceis, eu acredito que este ano seja meu”, disse confiante. Porém, para esta primeira prova, a gaiola do mais premiado piloto do Mato Grosso ainda estará equipado como o motor de 2006. “O novo motor só deve ficar pronto em março, mas na segunda etapa estarei montado nele”, completa.

Na Super Fórmula Tubular, o atual campeão paulista, Ricardo Fragnani, da equipe Beira Rio, vem para tentar manter a hegemonia da categoria. “Como no ano passado, nossa equipe vem para vencer tudo. Os preparadores, que cuidam da mecânica da gaiola já prepararam tudo para domingo e vamos com confiança de vencer este primeiro desafio”, explicou o tricampeão paulista. Na Fórmula Tubular, onde no ano passado o campeão foi o polonês Kazimiers Poplowski.

Faltando muito pouco para a estréia, na categoria Turismo o que mais se comenta e especula são as expectativas da equipe em relação ao seu desempenho no campeonato. Divididas em duas, a categoria tem uma divisão principal, onde o atual campeão é Alexandre Passareli, piloto de São Bernardo do Campo. Na Turismo B, também conhecida pelo acesso, Luiz Augusto Alves, de Sumaré, ficou com o título na temporada passada e agora terá que disputar a  principal, bem como o vice-campeão, Cristian Domeq.

Após vencer as duas últimas provas no ano passado, mas sem ter conquistado nada, o piloto de São Paulo João Moraes pretende lutar pelo título nesta temporada. “Finalizamos a fase de testes e demais ajustes do carro. O acerto final para a etapa de estréia campeonato será dados nos treinos livres do sábado”, comentou.

Os irmãos Caio e Conrado, da cidade deMogi Guaçu estréiam correndo no automobilismo após anos enfrentando as pistas de terra mas fazendo motocross. “Consolidamos uma boa estrutura e temos um bom carro. Acho que teremos condições de fazer um bom campeonato e aprimorar o que ainda não conhecemos no decorrer da competição”, declarou Caioo.

Já Paulo Namorato fará sua estréia em categoria Turismo B. Oriundo do kartismo, o piloto espera ter um rápido processo de adaptação. “Será um imenso desafio para mim, pois estou acostumado com a tocada do kart, sei que terei que aprender muito”.

Fábio Mônaco vem confiante para sua terceira temporada entre os carros da turismo. “Já conheço bem a categoria e conto com essa experiência. Mas posso dizer com certeza que tenho meu melhor carro desde que comecei a correr na categoria”, relata.


João Marcelo quer dar a volta por cima


Faltando muito pouco para a estréia do Campeonato Paulista de Velocidade na Terra, nas categoria Turismo e Tubular, que começa no próximo dia 25 de fevereiro, as expectativas daa equipea são grandes em relação ao seu desempenho na temporada 2007 .

“Finalizamos a montagem do carro e deveremos usar o treino da próxima sábado (24) para os ajustes do carro e o acerto final para a estréia nessa etapa de abertura do campeonato”, comentou o preparador do carro do piloto João Marcelo.


Dito Giannetti planeja vitória e título


O veterano Dito Giannetti se prepara para disputar em 2007 mais uma temporada no Campeonato Paulista de Velocidade na Terra. Aos 56 anos, o piloto piracicabano entra na disputa pelo título da super Fórmula tubular credenciado pelas atuações do ano passado, quando ficou com o vice-campeonato da competição. Mas, Dito se impôs a mais um desafio neste ano, injetou sua gaiola e vai disputar a categoria com os principais pilotos do país.

O piloto, que nos últimos anos, vinha competindo com uma gaiola carburada, resolveu investir mais no equipamento. “Tenho certeza de que ainda vou dar muito trabalho para a garotada”, comenta animado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *