Outras: Edinardo segue na liderança do Campeonato Cearense de Super Turismo

Edinardo se mantém líder mesmo com vitória de Ênio e Geraldo.

Sol encoberto e os primeiros pingos de chuva caíram na hora da formação do grid de largada para a quarta etapa do cearense de Super Turismo, realizada neste domingo (28), ao meio-dia, no autódromo Virgílio Távora, no Eusébio. Por conta da fina chuva a direção da prova sinalizou aos pilotos que a pista estava escorregadia, mas ainda na volta de apresentação, o sol abrasador voltou com força junto ao forte calor que fazia naquela hora.

 

Liderando o pelotão de carros, o piloto Geraldo Rola manteve-se na frente e foi seguido de perto por Edinardo Filho, que por sua vez ficou colado atrás do líder forçando passagem nas primeiras curvas. Pedrinho Virgínio, da Proton Racing Team passou da sexta para a quinta colocação, ameaçando Mano Rola, sendo esta outra briga dentro da pista. A experiência de Mano não evitou o sucesso de Pedrinho conseguindo a ultrapassagem.

 

Na segunda volta Raul Fontenele forçou ultrapassagem na entrada da curva Fernando Ari em cima dos pilotos Adriano Rabelo e Tuta Sancho. Por dentro Raul conseguiu se posicionar, mas deixou Adriano Rabelo em apuros, sem lugar para contornar a curva, rodando após ter sido tocado por Tuta Sancho, outro prejudicado com a manobra de Raul. “Acho que o Raul não deveria ter forçado a ultrapassagem ali, ainda era a segunda volta e havia outros carros andando juntos. Fui tocado e acabei indo para o último lugar, uma pena, pois apostava muito nessa corrida”, declarou Rabelo visivelmente contrariado.

 

Para Fontenele, que buscava recuperação no campeonato, tudo não passou de acidente de corrida “Foi uma disputa de corrida, eu vi o espaço, e consegui passar. Lamento pelo Adriano, mas não tive a intenção de atrapalhar ninguém”, declarou Raul Fontenele.

 

Atrás da confusão estava o piloto Pedro Sidrim. Com um carro bem equilibrado galgou posições dentro da corrida e se aproximava do pelotão de elite, sendo o primeiro da categoria light, posição a qual ficaria até o final da corrida, seguido por Fernando Pessoa e Vitor Frota. “Essa vitória vai me aproximar do Fernando na classificação. Saio daqui hoje sabendo que na próxima etapa vou poder melhorar meu desempenho. Fui o mais pesado de todos os carros e estou (eu e o carro) excedendo 42 quilos. Farei uma preparação física mais intensa para diminuir meu peso o que ajudará a ser mais rápido ainda”, concluiu Pedro.

 

Ao final Geraldo venceu a prova sendo seguido por Edinardo Filho, em segundo; Ênio Santos, em terceiro; Pedrinho Virgínio, em quarto e Mano Rola, em quinto, ambos pela categoria principal.

 

 

 

Depois de duas horas de descanso os pilotos voltaram à pista, que desta vez estava menos quente devido ao tempo parcialmente nublado. Geraldo Rola partia novamente na ponta e manteve a colocação após a largada, mas de nada valera por conta de uma bandeira vermelha apresentada pela direção da prova, o que levou a outra largada mantendo as mesmas posições da primeira. Com os pilotos novamente alinhados, Geraldo não conseguiu segurar a ponta e acabou cedendo-a para Ênio Santos, que passou a imprimir uma forte tocada. Com o carro na mão Ênio mostrava ao público que era dia de comemorar a sua primeira corrida no ano, sendo o quarto piloto a vencer este ano após cinco etapas disputadas. 

 

A vitória de Ênio confirmou o bom desempenho do piloto desde o início da temporada, sempre figurando entre os primeiros colocados. “Essa vitória tem uma grande importância para mim e para a equipe, pois mostra todo nosso trabalho para preparar um carro confiável. Com esse equipamento coube apenas eu acelerar e não permitir a chegada de ninguém” revelou.

 

Ao final, Ênio em primeiro; Geraldo Rola, segundo; Raul Fontenele, quarto; Pedro Virgínio, quinto e Edinardo Filho, sexto. Na categoria Light a vitória ficou com Vitor Frota; em segundo Pedro Sidrim, que assumiu a liderança da competição, e Roger Puchaim, estreando na Super Turismo, em terceiro.

 

Após as duas etapas de hoje a liderança permanece com Edinardo Filho. Veja os oito melhores classificados, todos eles com chances de conquistar o título da temporada:

Categoria Principal

   1. Edinardo Filho 68
   2. Geraldo Rola 62
   3. Enio Santos 59
   4. Raul Fontenele 44
   5. Paulo Roberto Filho 34
   6. Mano Rola 31
   7. Tuta Sancho 30
   8. Pedro Virginio 28
   9. Vicente Paiva  20
  10. Cleber Brasileiro  12
  11. Adriano Rabelo
  12. Rodrigo Ventura  9
  13. Rodrigo Frota 5
  14. Geraldo Rola  3
  15. Maurilio Reis  3
  16. Beto Pontes  2
  17. Jeferson Tierlinj  0

Categoria Light

1.      Pedro Sidrim 75

2.      Fernando Pessoa 73

3.      Victor Frota 67

4.      Daniel Busgaib 39

5.      Marcos Nunes 32

6.      Franco Mendonça 28

7.      Roger Pouchain 23

 

A próxima etapa do campeonato será dia 16 de agosto.
 
RESULTADOS
QUARTA ETAPA
Principal
1 – Geraldo Rola
2 – Edinardo
3 – Ênio Santos
4 – Pedrinho Virgínio
5 – Mano Rola
6 – Paulo Roberto
7 – Raul Fontenele

Light
1 – Pedro Sidrim
2 – Fernando Pessoa
3 – Vitor Frota
4 – Rogério Pouchain
5 – Sem Classificado ( – de 75 % da prova)
6 – Sem Clasificado ( – de 75% da prova)
 
QUINTA ETAPA
Principal
1 – Enio Santos
2 – Geraldo Rola
3 – Raul Fontenele
4 – Pedrinho Virgínio
5 – Edinardo Filho
6 – Tuta Sancho
7 – Rodrigo Frota
8 – Adriano Rabelo
 
Ligth
1 – Pedro Sidrim
2 – Vitor Frota
3 – Roger Pouchain
4 – Fernando Pessoa
5 – Sem Classificado ( – de 75 % da prova)
6 – Sem Clasificado ( – de 75% da prova)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *