Outras: Ênio Santos e Geraldo Rola vencem sexta e sétima etapas da Super Turismo

Com uma vitória e um segundo lugar Geraldo Rola assume a liderança da competição e começa a pensar no bicampeonato da categoria.

O dia começou com chuva, mas aos poucos os ventos se encarregaram de levar as nuvens para longe do autódromo Virgílio Távora, no Eusébio (CE), palco das disputas das sexta e sétima etapas do Campeonato Cearense de Super Turismo, categoria genuinamente cearense que tem se notabilizado por apresentar disputas emocionantes e equilíbrio entre os pilotos.

Com os carros em mesma configuração e motores equalizados a sexta etapa não podia ser diferente. Na largada Ênio Santos da ES Racing mostrou que é dos mais rápidos ao acelerar o carro após as luzes verdes, partindo da segunda posição para assumir a liderança da prova logo na primeira curva deixando Geraldo Rola, o pole, na sua cola durante toda a corrida. Em terceiro ficou Pedrinho Virgínio, da Proton Racing Team levando Mano Rola, da Trana Racing, em sua cola.

Na quarta volta Mano conseguiu superar Pedrinho após contornarem lado a lado a curva Fernando Ary. Após ser ultrapassado o representante da Proton caiu para a quinta posição atrás do, então líder do campeonato, Edinardo Filho. A batalha entre os dois pilotos teve um final pouco desejado por quem apostava em vê-los disputando a posição ao longo da corrida.

Na curva do Sol Pedrinho superou Edinardo mas, ao entrarem lado a lado na curva Dirce os dois se tocaram e foram parar na caixa de brita. O prejuízo maior foi para Edinardo Filho ficando sem marcar pontos. Pedrinho via assim acabar suas chances de vitória neste domingo já que seu carro número 93 apresentou problemas após o acidente.

Paulo Holanda, Adriano Rabelo, Vitor Frota e Pedro Sidrim protagonizaram os melhores duelos em pista. Rabelo deu muito trabalho a Paulo Holanda forçando-o a defender-se das suas investidas. Além de tentar ultrapassagem, Rabelo tinha que se preocupar com Vitor Frota, que por sua vez sofria forte ataque de Pedro Sidrim.

A disputa entre Sidrim, da DB Racing, e Vitor Frota, da ES Racing, valia a liderança do campeonato pela classe light. Ao final Vitor saiu vitorioso e Sidrim teve de abandonar a corrida. Em segundo ficou Fernando Pessoa, o novo líder da classe light.

De volta à categoria principal Geraldo colava em Ênio, mas esse soube administrar o embate e levar seu carro número 11 a sua segunda vitória no ano. “Estava com o carro bem acertado, mas em três curvas o rendimento do Geraldinho era melhor que o meu, e em outras três eu conseguia me distanciar. Foi difícil segurá-lo, mas consegui chegar ao final na frente dele, o que valorizou muito essa vitória”, declarou o piloto que também é chefe da equipe ES Racing, duplamente vitoriosa na sexta etapa com Ênio e Vitor Frota pelas classes principal e light, respectivamente.

Quem também mostrou um bom rendimento foi o piloto Tuta Sancho, da Gambarini Racing. Nas voltas finais disputou com Paulo Holanda, da PH Motor Sport pela quinta colocação. Tuta acabou levando a melhor e fechou a disputa em quinto. Confira os seis primeiros da sexta etapa da Super Turismo.

Classe Principal
1.      Ênio Santos
2.      Geraldo Rola
3.      Mano Rola
4.      Adriano Rabelo
5.      Tuta Sancho
6.      Paulo Holanda
7.      Rodrigo Frota
8.      Maurílio Reis
9.      Rodrigo Ventura
 
Classe Light
1.      Vitor Frota
2.      Fernando Pessoa
3.      Franco Mendonça
 
Na sétima etapa, Geraldo Rola (campeão da categoria em 2008) saiu da terceira posição para assumir a liderança da corrida, enquanto que Pedrinho Virgínio, da Proton Racing Team, ficava para trás com problemas em seu carro número 43. Ênio Santos, outro piloto da linha de frente, também abandoou a prova com problema no acelerador de seu carro, deixando o caminho livre para Raul Fontenele, Tuta Sancho, e Edinardo Filho, que disputaram intensamente as posições intermediárias.

Na classe light, também foram intensas as disputas por posições envolvendo os pilotos Vitor Frota, Daniel Busgaib e Fernando Pessoa foram os protagonistas de uma corrida que valia mais que a vitória. Na pista eles disputavam também a liderança do campeonato.

Após as 17 voltas, Daniel Busgaib foi o vencedor da light, uma vitória bastante comemorada após ter tido problemas na primeira corrida do dia. “É um prêmio ao trabalho da equipe. Lutei muito por essa vitória e ela veio na hora certa”, declarou o piloto da DB Racing.

Fernando Pessoa chegou em segundo e Vitor Frota ficou com o terceiro posto. Na soma dos resultados melhor para Fernando que assumiu a liderança na disputa pelo título da Super Turismo Light com 107 pontos, 10 a mais que Vitor Frota com 97 pontos

Voltando para a categoria principal Geraldo Rola, que neste domingo apresentou uma pintura nova em seu carro, como forma de incentivar a recuperação do piloto Felipe Massa. “Massa é ídolo de muitos brasileiros, eu também admiro seu trabalho e fiz isso para homenageá-lo e incentivá-lo. Desejo que ele retorne o mais breve possível para nos dar alegria”, disse o piloto da equipe Trana Racing.

Nas últimas voltas o que se viu na pista foi uma disputa de pai e filho. Mano Rola, pai de Geraldo, aproximou-se no líder tornando o final mais emocionante para os presentes ao autódromo.

Bandeirada final e os dois carros cruzam próximos para alegria dos integrantes da equipe Trana Racing, que correu para a entrada dos boxes festejando seus dois pilotos. Com o resultado da sétima etapa da Super Turismo, a classificação da categoria principal revelou novo líder, o piloto Geraldo Rola com 103 pontos.

Confira o resultado final da sétima etapa da Super Turismo.
1. Geraldo
2. Mano
3. Raul
4. Tuta
5. Edinardo
6. Rodrigo Frota
7. Daniel Busgaib (Light)
8. Fernando Pessoa (Light)
9. Victor Frota (Light)
10. Cléber Brasileiro
11. Pedro Sidrim
12. Franco Mendonça
13. Adriano Rabelo
14. Ênio Santos
15. Pedro Holanda
16. Pedro Virgínio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *