Outras: Instituto Ingo Hoffmann entra na fase de acabamento

Os chalés para abrigar crianças em tratamento de câncer já estão em fase de acabamento e a obra da parte social teve início. Previsão é para agosto/06.


Em ritmo acelerado, as obras do Instituto Ingo Hoffmann já entraram em fase de acabamento. Dos 30 chalés distribuídos em 10 vilas, que visa abrigar crianças em tratamento de câncer, três vilas já estão colocando piso; a rua foi demarcada e as fundações da parte social – que envolve sala de aula, brinquedoteca, refeitório, etc – tiveram início. Denominado Casa de Apoio à Criança e à Família, o projeto é fruto da parceria do Instituto Ingo Hoffmann – entidade beneficente e sem fins lucrativos – com o Centro Infantil Boldrini, hospital filantrópico localizado em Campinas, referência mundial em tratamento de crianças com câncer. A previsão de conclusão das obras é para final de agosto/06.

A Casa de Apoio à Criança e à Família está localizada ao lado do prédio da radioterapia do Boldrini, em Campinas. A obra teve início em dezembro/05. No total serão 2.200 m2 de área construída. Esse é o novo desafio do piloto Ingo Hoffmann, que pôde viabilizar o projeto graças ao apoio de vários doadores, listados abaixo.

E antes mesmo do término das obras, o Instituto Ingo Hoffmann já está se organizando visando o início do trabalho operacional: aguarda o número de crianças que serão as primeiras a se hospedarem nos chalés. “A idéia inicial é abrir paulatinamente, com ocupação de um terço dos chalés. Precisamos ir apreendendo aos poucos para atingir o objetivo maior que é ajudar as crianças e seus familiares”, conta Ingo.

Segundo Regina Barsotti, coordenadora geral do Instituto, a experiência de entidades do ramo tem sido fundamental. “Contamos hoje com o apoio da Central do Voluntariado do Boldrini, que tem sido maravilhosa conosco. Eles possuem vasta experiência no assunto, uma vez que já desenvolvem este projeto há muito tempo. É um presente aprender com eles e esperamos não decepcioná-los, pois há muito trabalho pela frente”, ressalta Regina.


Doadores

Até o momento, o Instituto já angariou fundos através dos doadores: Action Power, Cristália, Disal Editora, Eurofarma, Família Camilo, Família Julianelli, Filiperson, Gil de Souza Ramos, Guto Negrão, Medley, Pozzani (louças), Santa Helena Saúde, Sky, Stock Car, Tintas JD, Instituto Possível (móveis), Votorantin, Votoraço, Xandy Negrão. Além desses, parceiros do Boldrini – BioLab Famacêutica e McDonalds – também doaram recursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *