Outras: Mario Haberfeld vende equipe de F-BMW e muda projeto de apóio a jovens brasileiros

A proposta de compra do time foi aceita por todos os sócios. Mesmo assim, o piloto continua à disposição para ajudar quem deseja correr no exterior.


Houve uma importante mudança no projeto de apoio aos pilotos brasileiros no automobilismo norte-americano, apresentado por Mario Haberfeld, que durante um ano foi sócio de uma das principais equipes da Fórmula BMW nos Estados Unidos. Os proprietários anunciaram na semana passada a venda do time. “Foi uma decisão conjunta. Apareceu uma proposta muito boa e como empresa o mais sensato a fazer seria aceitá-la”, disse Mario Haberfeld, que agora atuará apenas como consultor dos interessados em ingressar na carreira internacional.

Seu trabalho consiste em utilizar seus contatos, indicar bons times e facilitar a aproximação entre chefes de equipe e competidores, algo que ele vem fazendo há bastante tempo, desde antes de se associar à equipe. “Foi assim que aconteceu com o Giancarlo Vilarinho. Quando decidimos que não faríamos a temporada deste ano, apresentei um novo caminho para ele. Continuo disposto a ajudar os garotos que estão chegando aos Estados Unidos, só que agora de forma diferente”, comenta Mario Haberfeld. Até a decisão ser tomada, dois brasileiros testaram, mas nenhum piloto chegou a fechar contrato com o time.

Paulo Carcasci, outro envolvido no projeto, também segue ajudando desta mesma forma. “O maior problema é que nas categorias de base o piloto precisa levar parte do patrocínio e muitas vezes, principalmente no Brasil, falta o incentivo necessário para a molecada”, lamenta Mario Haberfeld. “O programa da F-BMW representou uma grande experiência, me permitiu observar as coisas por um outro lado, fora do carro. É algo importante para o futuro. A minha intenção sempre foi facilitar o caminho para os brasileiros e vou continuar com esta idéia, mesmo sem a equipe”, conclui Mario Haberfeld.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *