Outras: Quatro dias inteiros no cinema: dos clássicos aos modernos, tudo com um só ingresso

Em Interlagos, épicos marcantes como Grand Prix e Le Mans se revezarão na tela com filmes modernos no estilo Velozes e Furiosos e com animações recentes, caso do divertido Carros, lançado no ano passado.


Será um prato cheio para cinéfilos e fãs do automóvel e das corridas. Nos quatro dias do Clássicos de Competição, de 25 a 28 de janeiro, duas salas de cinema oferecerão exibições de filmes temáticos sobre uma das grandes paixões do brasileiro: o carro. Todos são produções famosas entre o público brasileiro e mundial. É o caso dos clássicos Grand Prix e Le Mans, duas jóias da filmografia incensadas pelos admiradores das corridas por tratarem de competições de grande prestígio: a Fórmula 1 e a sempre sensacional corrida 24 Horas de Le Mans. Haverá ainda filmes de safra recentíssima, como Velozes e Furiosos e Carros, a divertida animação da Disney Pixar. Veja a programação completa no final deste texto.



O Clássicos de Competição será um verdadeiro parque temático sobre o automóvel, com destaque para sua aplicação mais emocionante: as corridas. O evento acontece no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos, e é integrante das comemorações do aniversário da cidade de São Paulo, no próximo dia 25. Entre suas atrações, destacam-se quatro exposições diferentes de veículos de época, palestras, pistas de autorama profissional, exibições dos carros da equipe Fittipaldi de Fórmula 1, presença de personalidades históricas do esporte no Brasil e uma prova de regularidade a ser disputada pelo público no traçado que recebe anualmente o GP do Brasil de Fórmula 1.



Puros-sangue –
Para muitos, pode até mesmo ser politicamente incorreto apontar uma estrela para o cardápio de filmes, já que haverá opções para todos os gostos. Mas deve-se pelo menos reconhecer que Le Mans (1971) e Grand Prix (1966) são as películas que costumam encantar os mais puristas fãs das pistas. O primeiro é considerado o melhor filme de corridas de todos os tempos – ajuda o fato de conter imagens e informações que beiram o estilo documentário, embora a trama empolgue qualquer automobilista nato. Além disso, ao contrário de 99% dos atores deste gênero, o carismático Steve McQueen realmente pilotava para valer e isso é visível nas cenas de ação. O ator, inclusive, venceu em sua categoria a famosa 12 Horas de Sebring, e ficou a apenas 23 segundos da vitória na geral, sendo derrotado por um talento de respeito: Mario Andretti (campeão de F-1 em 1978).

Embalado na trilha sonora de Maurice Jarre, em Grand Prix – nome que remete diretamente à Fórmula 1, pois, para os europeus, as corridas de Grande Prêmio são apenas as disputadas por esta categoria –, James Garner interpreta o piloto norte-americano Pete Aron, que começa o filme sendo despedido pela equipe Jordan-BRM depois de um acidente em Mônaco. Grand Prix usa cenas de corridas reais da F-1 da década de 60 (o filme é de 1966), com algumas imagens capturadas por uma câmara instalada no carro de Phil Hill (campeão de 1961, em um dos primeiros experimentos do tipo).

Boa parte dos carros de Grand Prix eram na verdade bólidos de F-3 adaptados para parecerem com os F-1. O diretor John Frankenheimer notabilizou-se como um craque na captura de imagens dos carros em ação (veja também o ótimo filme Ronin). Mas o nível de habilidade dos protagonistas variou muito. Por exemplo, o ator Brian Bedford não sabia dirigir e Antonio Sabato era lento e ficava nervoso em cenas de velocidade mais exigentes. Mas Garner tinha habilidade e se apaixonou pelo esporte, virando um praticante tão assíduo quanto afiado, a exemplo de McQueen.



Programação – As salas de cinema do Clássicos de Competição poderão ser freqüentadas por qualquer visitante, sem preço adicional. O valor do ingresso para cada dia é de R$ 30 para adultos, enquanto estudantes e crianças até 13 anos pagam R$ 15. O estacionamento custa R$ 15 para carros e R$ 5, no caso de motos. Mas também é possível comprar um “passaporte” que dá direito a ingressar no evento em todos os quatro dias, por R$ 90. Confira a programação das salas de cinema:


 


Quinta-feira, 25/01



Cinema 1



• 11h00 às 12h50 – Herbie, Se Meu Fusca Falasse


• 13h15 às 15h00 – Maratona Corrida Maluca



Cinema 2



• 11h00 às 13h00 – Carros (Cars)


• 13h25 às 15h30 – Le Mans


• 16h00 às 18h00 – Loucuras de Verão (American Grafitti)


 


Sexta-feira, 26/01



Cinema 1



• 10h30 às 13h10 – A Corrida do Século (The Great Race)


• 13h40 às 15h00 – Maratona Corrida Maluca



Cinema 2



• 10h30 às 12h02 – Herbie, Se Meu Fusca Falasse


• 12h55 às 15h00 – Tá Todo Mundo Louco


• 15h30 às 17h02 – Le Mans


 


Sábado, 27/01



Cinema 1



• 13h00 às 15h00 – Velozes e Furiosos



Cinema 2



• 10h30 às 12h30 – Carros (Cars)


• 13h00 às 14h30 – Amor a Toda Velocidade


• 15h00 às 17h49 – Grand Prix


 


Domingo, 28/01



Cinema 1



• 10h30 às 12h00 – Maratona Corrida Maluca


• 12h30 às 15h10 – A Corrida do Século (The Great Race)



Cinema 2



• 10h30 às 12h30 – Carros (Cars)


• 13h00 às 14h50 – Velozes e Furiosos


• 15h20 às 18h10 – Grand Prix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *