Outras: Spyder Race apresenta novidades para a temporada 2008

Categoria, que é um dos maiores sucessos do Campeonato Paulista de Automobilismo, vive a expectativa de número recorde de participantes em sua quinta temporada. Meta dos promotores é atingir grid de 30 carros.

A Spyder Race, uma das principais categorias do Campeonato Paulista de Automobilismo, inicia a temporada de 2008 neste domingo (17) apresentando novidades em seus regulamentos técnico e desportivo. Integrando o torneio estadual pelo quinto ano consecutivo, a categoria realiza em Interlagos a primeira prova do ano com um novo formato, que abandona a disputa em rodadas duplas e adota o sistema de uma única prova por fim de semana.

Todas as dez corridas previstas para este ano terão duração de 45 minutos, ou cerca de 28 voltas. Até 2007, o calendário da Spyder previa duas corridas por rodada, com duração de 15 voltas cada. A novidade, de acordo com o promotor da categoria, Peter Wilian Januário, foi introduzida com o objetivo de facilitar a rotina de pilotos e patrocinadores, que a cada fim de semana passavam horas ociosas no circuito de Interlagos à espera das baterias finais.

“Estamos muito entusiasmados com o início desta quinta temporada da Spyder Race, e acreditamos que o formato de rodadas simples, com provas de 45 minutos, agrade mais aos pilotos. Até o ano passado, tínhamos uma corrida pela manhã e outra apenas no fim da tarde. Com esse novo formato, esperamos etapas mais dinâmicas e mais atraentes, também, a nossos patrocinadores”, declarou o promotor.

A Spyder Race é uma das poucas categorias do Campeonato Paulista de Automobilismo a atrair patrocínios. Neste ano, além da manutenção das marcas Red Coil, Rocell e Metalthaga, a categoria passou a ter o apoio da Cervejaria Itaipava e manteve a parceria com a Pirelli no fornecimento de pneus.

Outra novidade introduzida na temporada de 2008 da Spyder Race é a bonificação do pole position e do autor da volta mais rápida em cada uma corridas com um ponto extra no campeonato. O sistema-base de pontuação para o campeonato deste ano continua sendo o mesmo – 20 pontos para o vencedor, 15 para o segundo colocado, 12 para o terceiro, 10 para o quarto, 8 para o quinto e assim sucessivamente. A categoria também manteve para 2008 a divisão do grid entre as classes Spyder Race e Spyder Race Light.

Sob o ponto de vista técnico, a Spyder apertou o regulamento no que diz respeito ao controle no desenvolvimento dos motores, que continuam a cargo das próprias equipes. A partir deste ano, serão permitidas apenas bielas de aço e foram abolidos os comandos de válvulas importados.

Materiais nobres, como o alumínio e o titânio, estão igualmente banidos de outros componentes do motor. O câmbio passará a ter as engrenagens de quarta e quinta marchas definidas pela organização, e poderá ser alterado apenas entre a primeira e a terceira.

As modificações, no entanto, não impedirão os protótipos da categoria de atingirem velocidades de 220 km/h no Autódromo de Interlagos. “As alterações propostas têm o objetivo de reduzir custos e frear o desenvolvimento dos motores, que já rendem cerca de 215 hp”, disse Peter Wilson. “Nosso objetivo é ter um campeonato que possibilite aos pilotos boas disputas dentro da pista, a um investimento controlado”, acrescentou o promotor.

O calendário completo da temporada de 2008 da Spyder Race é o seguinte:
1ª etapa – 17 de fevereiro
2ª etapa – 09 de março
3ª etapa – 06 de abril
4ª etapa – 04 de maio
5ª etapa – 08 de junho
6ª etapa – 29 de junho
7ª etapa – 20 de julho
8ª etapa – 10 agosto
9ª etapa – 31 de agosto
10ª etapa – 14 de dezembro

Fotos: Claudio Kolodziej

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *