Outros: Velocidade na Terra abre temporada em grande estilo

Eletrizante é a melhor palavra para definir o que foi a abertura da temporada 2006 de Velocidade na Terra, nas categorias Fórmula Tubular, Super Fórmula Tubular e Turismo A e B, que aconteceu neste domingo (5/2), no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo – ECPA.



Depois de uma temporada conturbada, em 2005, as alterações no regulamento e na forma de disputa parecem que surtiram efeito, o que propiciou a entrada de um grande número de pilotos para participar de um certame que no ano passado quase não acaba. Agora, as melhores voltas durante as provas premiam os pilotos com um ponto em cada uma das duas baterias da etapa, mesmo critério serve para quem crava a pole nos treinos classificatórios.


 


Até as gaiolas da categoria Fórmula Tubular, que são disputadas com motores carburados tem a volta de grandes nomes do autocross nacional, como Dito Giannetti, Airton Favoretto, Roberto Douglas e Luiz Checchia, que há anos não corriam juntos numa mesma prova. “Além de todo o campeonato ser disputado no ECPA, e das gaiolas formarem o mesmo grid, o regulamento deste ano define bem uma categoria da outra e isso animou pilotos que estavam descontentes com o rumo que os tubulares estavam tomando”, define Dito.


 


Nas provas, o que se viu foi uma sucessão de ultrapassagens e pegas sensacionais, com vários pilotos se sobrepondo a outros, mais pelos méritos do próprio braço do que pela qualidade do equipamento. “Corrida na terra é assim, uma volta nunca é igual a outra e isso faz muita diferença para quem é mais experiente”, afirmou Favoretto.


 


Em sua estréia na Super Fórmula Tubular, o bicampeão da categoria Turismo, João Marcelo de Carvalho, que tenta o mesmo sucesso pilotando uma gaiola, não foi muito bem, marcando apenas dois quartos lugares. Porém, com suas raízes estão na Turismo, o piloto se aliou ao mineiro Wanderson Santos para ficar com um pé na categoria que pode lhe dar o tri. Na primeira bateria da Turismo A, o mineiro ficou em segundo, já ao volante de seu Gol West Cost, João Marcelo marcou outro quarto lugar.


 


Recém promovido para a Turismo A, o piloto de Americana Wilson Sega mostrou que tem um lugar entre os principais nomes da categoria, vencendo as duas provas, marcando uma melhor voltas e cravando a pole. O mesmo feito fez Cristian Domeq na Turismo B, conquistando duas vitórias, uma melhor volta e fazendo a pole.


 


Na Super Fórmula Tubular, o tri-campeão da categoria Tadao Tusji marcou dois segundos lugares, ficando atrás de seu companheiro de equipe Ricardo Fragnani, que voltou a andar bem e mostrou que vem para brigar pelo título. A segundo etapa acontece no dia 12 de março.


 


Resultados


1º prova – Categoria Turismo A


1- Wilson Sega – Gol (74) Americana


2- Wanderson Santos – Gol (21) Piracicaba


3- Vicente Passarelli – Gol (89) Itu


4- Thiago Oliveira – Gol (427) Piracicaba


5- Rodrigo Stefanini – Pálio (403) Piracicaba



2º prova


1- Wilson Sega – Gol (74) Americana


2- Thiago Oliveira – Gol (427) Piracicaba


3- Rodrigo Stefanini – Pálio (403) Piracicaba


4- João Marcelo – Gol (21) Piracicaba


5- Gustavo Passarelli – Gol (89) Itu


 


1º prova – Super Fórmula Tubular


1- Ricardo Fragnani (417) Rio Claro


2- Tadao Tsuji (88) São Paulo


3- Raijan Mascarello (515) Sapezal (MT)


4- João Marcelo de Carvalho (421) Piracicaba


5-Odair Possa (405) São Paulo


 


2º prova


1- Ricardo Fragnani (417) Rio Claro


2- Tadao Tsuji (88) São Paulo


3- Odair Possa D’Água (5) São Paulo


4- João Marcelo de Carvalho (421) Piracicaba


5- Raijan Mascarello (515) Sapezal (MT)


 


1º prova – Fórmula Tubular


1-Kazimiers Poplawski Jr. (421) São Paulo


2- Welington Antunes (09) Piracicaba


3- Luiz Checchia (426) Campinas


4- Airton Favoretto (420) Piracicaba


5- Manoel Rodrigues (408) Araraquara


 


2º prova


1-Kazimiers Poplawski Jr. (421) São Paulo


2- Roberto Douglas Jr (400) São Paulo


3- Luiz Checchia (426) Campinas


4- Manoel Rodrigues (408) Araraquara


5- Welington Antunes (09) Piracicaba


 


1º prova – Categoria Turismo B


1- Cristian Domeq – Gol (602) Piracicaba


2- Rogério e Rodolfo Luciano (415)


3- Luiz Augusto Alves – Gol (445) São Paulo


4- Kleber Bachega – Gol (405) Bauru


5- Juliano Gandelin – Gol (422) Piracicaba


 


2º prova


1- Cristian Domeq – Gol (602) Piracicaba


2- Luiz Augusto Alves – Gol (445) São Paulo


3- Kleber Bachega – Gol (405) Bauru


4- Wilson Zambello – Gol (413) Piracicaba


5- João de Paulo e Alessandro Ibiapina – Gol (488) São Bernardo do Campo

Foto: Marcelo Basso Assessoria de imprensa ECPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *