Parabéns Campeão, 35 anos…

35 anos se passaram, desses tantos anos quase 19 foram presentes…os outros foram como uma estrela, muitas vezes ela pode não estar brilhando e visível, mas você tem certeza que esta ali te olhando e acompanhando em todos os momentos.

Desses quase 19 anos juntos, são tantas lembranças boas que sempre me pego pensando e relembrando algumas passagens, e na grande maioria das vezes fico dando risada dessas histórias da vida.

O automobilismo sempre foi nossas vidas, mas fora dele também vivemos e fomos felizes também.

Começando por Porto Velho, onde logicamente pela idade é onde eu me recordo das coisas, nosso pai fazendo pipa e depois íamos empinar ali em frente ao prédio onde morávamos, era interessante porque era uma época onde tínhamos a liberdade de poder soltar uma pipa ao ar livre ou simplesmente brincarmos no prédio, hoje somos todos reféns dentro de nossas casas. O kartódromo, sempre estávamos lá, treinando, treinando e treinando…mas para duas crianças era o sonho perfeito. Ou então passar o dia na piscina, era outra época…podíamos deixar a porta aberta, subir e descer livremente pelo condomínio sem os perigos de hoje em dia. Alias lembra dos pneus dos carros do prédio?? Só crianças mesmo pra ter aquelas ideias. Mas o melhor de tudo era que os adultos daquela época levavam as brincadeiras de boa, hoje você precisa de ver como o povo esta.

Em Brasília também podíamos jogar bola no campinho da quadra em que morávamos, ou então descíamos ao nosso bloco ou ao bloco da frente para algumas partidas de ping-pong, lembra disso?? Começamos com as Yashimas (estão aqui guardadas até hoje), ai depois como sempre você levava um pouco mais a sério e comprou a Baterfly, passando para um nível acima. Era uma época interessante, os meninos dos blocos se conheciam e, como não tinha Internet e Redes Sociais as pessoas precisavam sair de casa para interagir, hoje é tão diferente que o povo está tudo hipnotizado com celulares e redes sociais, as prioridades mudaram.

Depois voltamos a Porto Velho, um pouco maiores já…algumas viagens para correr em São Paulo, as vezes com Ti as vezes com nossos pais, mas outras boas histórias…lembra de uma vez que fomos jantar e João Grotinha achou um cara que tocava violão ai sentado na região da Paulista, mas precisávamos chegar o mais rápido possível no apartamento, putz cara relembrando aquela situação ali foi engraçada viu, mas no dia foi estressante!! Hoje em dia, não é tão simples andar como andávamos naquela época, tranquilos e calmos no meio da multidão…o mundo mudou. Alias ali no Kartódromo tivemos muitas passagens interessantes e engraçadas, mas você lembra o que os mecas fizeram com a gente em uma dessas viagens Porto Velho / São Paulo…dia de treinos, mas em alguns casos tirávamos uma pestana, e aqueles caras desenhavam em nossos rostos, depois pra tirar era chato d+, mas pô cara era divertido ver a reação das pessoas quando era com elas…hoje em dia isso é crime, pois é Bulling!!

Pegamos a época do trote…pô cara, pra nós que eramos crianças era divertido, não tinha BINA pra encher o saco e as pessoas, eu acho, que por sermos crianças entravam na onda e muitas vezes no final acabavam dando risada. Hoje o povo tá estressado que só vendo mesmo, alias o povo usa um telefone celular, na gigante maioria do tempo, para mandar mensagens…você acredita nisso?? kkkk o povo é xarope mesmo, não esquenta não!

E os Walk Talk, rapaz aquilo era vida em?? Poder sair do Ponto A para o Ponto B, ir a base e tudo isso passando as informações e verificando se estava em QAP, e responder com um QSL…só quem viveu isso. Hoje os meninos que deveriam estar brincando disso estão entrevados atrás das telas, o mundo mudou muito!! Lembra daquelas arminhas, acho que era a laser ou sei lá o que, que podíamos brincar de boa?? Esquece, hoje em dia se brincar com aquele brinquedo irão dizer que você é assassino ou tem a mente perturbada, já pensou ouvir isso? O mundo mudou!!

Depois mais velhos, vieram mais brincadeiras…lembra quando chegava aquela comitiva brasileira pelos hotéis desse mundão, a vigilância era redobrada…mas brasileiro é brasileiro né!? Tem um jeito de brincar com tudo. Ou então quando ficávamos sacaneando os gringos, ah ali aqueles caras deviam sacanear a gente também, muitas vezes não entendiamos nada que eles falavam, e eles também não entendiam o que nós falávamos, mas ensinávamos algumas coisas pra eles…coisa de muleke mesmo, mas que era engraçado era!!

Lembra de quando viajávamos, conhecíamos todos os lugar e sabíamos exatamente onde estávamos e o que tinha nos locais, liamos as plaquinhas que explicavam sobre os monumentos, etc. Uma parada ou outra para uma foto, no filme de 36 poses, e a visita continuava…hoje em dia não tem mais isso, ninguém nem sabe onde passou, o interesse é tirar 1000 fotos e postar, para dizer às pessoas que esteve ou está em determinado lugar, as plaquinhas elas tiram fotos e depois leem. É Pedinho, como você percebe o mundo esta maluco, mudou tudo.

Nesses 16 anos muitas coisas mudaram, as pessoas são muito diferentes, as brincadeiras então nem se fala. Acho que fomos crianças na época certa, onde ainda tínhamos liberdade para brincar e já começamos a pegar um pouco da tecnologia, muito primitiva mas pegamos. Os pais tinham paciência e prazer em fazer as coisas, brincar junto, estar presente. Hoje é tudo muito mais rápido, nada pode ser deixado pra amanhã, as pessoas não tem mais tempo, e a tecnologia tirou bastante espaço das brincadeiras e o perigo também ajudou a afastar as brincadeiras na rua.

São muitos anos de saudades. Saudades das brincadeiras, das conversas, de momentos em que tínhamos para conversar sério, do irmão, do amigo…foram 18 anos de convivência plena e pura, cumplicidade, respeito, carinho e muita amizade. Infelizmente isso jamais voltará, mas também não poderá ser apagado da nossa história, que ainda não terminou, pode acreditar…em breve nos encontraremos. Tenho certeza que você esta ajudando a preparar nosso lugar onde você estiver, e assim daremos continuidade a nossa parceria, amizade, irmandade e nossa vida!!!

Parabéns pelos 35 anos.

Parabéns Campeão, 35 anos...

Grande abraço, Duron!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 comentários em “Parabéns Campeão, 35 anos…

  • 26 de outubro de 2018 em 18:07
    Permalink

    Seu Sorriso e sua Alegria faz Muita Falta Por Aqui!!!
    Parabéns pelo Lindo Texto MEU Amigo!!!
    Grande Abraço!!!

    Resposta
  • 27 de outubro de 2018 em 13:36
    Permalink

    Du,
    Você é fera! Parabéns pelo texto lindo. Tenho sempre em mente nossas ótimas recordações. Todos nós juntos e unidos e principalmente gargalhando 😉

    Resposta
  • 27 de outubro de 2018 em 13:43
    Permalink

    Pedrão! Que figura! Que astral! Que generosidade! Muitas saudades … Vc é tão especial que Deus o quis perto dele…
    Nosso eterno CAMPEÃO!

    Resposta
  • 10 de novembro de 2018 em 18:01
    Permalink

    Parabéns Carlos, o texto é muito bonito e vc está certo, fomos crianças na época certa.

    Resposta