Paulista de Marcas: Zigomar vence duas e assume liderança no campeonato

O domingo do dia das mães foi a data da 4ª etapa (7ª e 8ª rodadas) do Campeonato Paulista de Marcas e Pilotos. O destaque do final de semana foi Zigomar Farias (Arias/ Triboil), campeão da classe Light em 2005, que venceu as duas provas e com o resultado passou a ser o novo líder da classe Super.



Na primeira prova do dia (7ª rodada) Zigomar, que partiu da pole, rapidamente escapou na ponta, seguido por Ricardo Kraft (Master Food/ Arias), Edgar Amaral (Arias/ Ponto Auto Multimarcas/ Master), Renato Rattes (Magneti Marelli/ Valvoline/ Colamais), Mario Yokota (Arias), Ralf Krause (Arias/ Patri/ Car System) e Sergio “Sauva” Ventura (Sauva Preparações).  Já na segunda volta Edgar Amaral na freada do Esse do Senna retarda a freada e supera Ricardo Kraft, assumindo o segundo lugar.


Pouco depois foi a vez de Mario Yokota que vinha em quinto, ultrapassa Rattes no mesmo ponto da manobra de Amaral. Mais atrás Ney Galvão (Norton Sauva) grudado no vácuo de Alexandre Souza (Intime/ Arias/ Totta 96) erra na freada do Esse do Senna, pressionado por Alexandre Camara, e deu um longo passeio pela grama. Hélio Jardim (HG Motors Sports) parou na terceira volta nos boxes com problemas elétricos, tentando em seguida retornar, mas parou na saída dos boxes com o motor completamente “mudo”.


Na sexta passagem Kraft começa uma grande pressão sobre Zigomar Farias, que se defendia com galhardia. Pouco atrás, na luta pelo quarto lugar saia faisca entre Sauva, Krause, Rattes e Carlos Louro (Dedic/ Sucessu/ Wittel). Mario Yokota. havia escapado deste pelotão e já se aproximava dos líderes.


Krause tentava superar Sauva de todas maneiras e Rattes seguia com os dois na “alça de mira”. Alexandre Camara após dura disputa passou Alexandre souza e trouxe a reboque Celso Jafet (Arias Motorsport), Cesare Marrucci (Arias Motorsport/ Marrucci) e Ney Galvão para briga. Depois da metade da prova Yokota assumiu o segundo lugar, e foi sua vez de pressionar Zigomar.


Rattes por seu lado atacava com todas as forças Krause, que perdera contato com Sauva. Na antepenúltima volta Cesare Marruci, que vinha brigando com Celso Jafet, aproveitou a desgarrada do adversário na zebra da Curva do Sol, se colocou ao lado, mas antes de completar a manobra o choque foi inevitável, e Marrucci acabou rodando, voltando logo em seguida à pista. 


Na bandeirada vitória de Zigomar com vantagem de 7 segundos sobre Kraft, com Sergio Ventura em terceiro. Mario Yokota, que vinha em segundo, parou na penúltima volta. Renato Rattes foi o quarto, com Ralf Krause em quinto e Carlos Louro completando os seis primeiros.


Na segunda prova do dia, novamente Zigomar partiu na frente, seguido por Ricardo Rodrigues, que substiturira o parceiro Sergio Ventura, Renato Rattes e Ricardo Kraft, que não havia largado bem.  Carlos Louro vinha em quinto, seguido por Ralf Krause.

 

Com três voltas Zigomar já havia aberto uma confortável vantagem sobre Ricardo Rodrigues, que também controlava com certa facilidade o avanço de Rattes. Nesta mesma volta um forte acidente com Helio Jardim e Marcelo Camacho forçou a entrada do safety-car. Helio rodou na saída da Curva Chico Landi (Lago) e Marcelo Camacho, que vinha logo atrás, não pode evitar o choque.

 

Na seqüência, Camacho ainda bateu forte de frente no muro do Lago. O safety-car ficou por três voltas na pista, até serem retirados todos detritos da pista e os pilotos atendidos. Ambos sairam ilesos da batida, apenas com dores musculares.

 

Na relargada Zigomar escapou novamente à frente de todos. Ricardo passou a sofrer forte assédio de Rattes, que via a incômoda aproximação de Kraft no retrovisor. Na sexta-volta Kraft deixou a briga e a prova com problemas no seu carro.

 

Mario Yokota que voava na pista acabou retardando muito a freada no final da reta oposta, rodou e abandonou a prova a três voltas do final. Fernando Louro, que fazia uma ótima corrida, também deixou a prova nesta volta.

 

Dai até o final Zigomar só fez controlar sua vantagem para comemorar a terceira vitória no campeonato. Rattes foi o segundo, com Krause em terceiro. Na lith a vitória foi de Ney Galvão, que comemorou muito o resultado, após uma série de quebras e acidentes nas etapas anteriores.

 

Destaque ainda para estréia de Michelle Santos, única mulher competindo no Paulista de Marcas, que terminou na sua estréia na sexta posição, subindo ao pódio já no seu debut na categoria.

 

Resultado da 7ª etapa


Super:


1 Zigomar Farias (Arias/ Triboil) 12 voltas em 24s57s519

2 Sergio Ventura (Sauva Preparações) a 9s059

3 Renato Rattes (Magneti Marelli/ Valvoline/ Colamais) a 17s296

4 Ralf Krause(Arias/ Patri/ Car System) a 18s179
5 Alexandre Sousa (Intimee/Arias/ Totta 96) a 29s234
6 Marcos Donadio (Mad Contabil/ Center Car) a 1m26s442


Ligth:

1 Ricardo Kraft (Master Food/ Arias) 12 voltas em 25m04s649

2 Carlos Louro  (Dedic/ Sucessy/ Wittel) a 11s049 
3 Alexandre Camara (Uncle K) a 19s740

4 Celso Jafet (Arias) a 27s835
5 Cesare Marrucci (Arias) a 33s825
6 Marcelo Camacho (Fx/ Phoenix/ Magneti Marelli/ Anaton/ Moura) a 37s851

 

Melhor volta: Mario Yokota na 6ª volta em 2m03s444 (novo recorde para categoria)
  

Resultado da 8ª etapa


Super:


1 Zigomar Farias (Arias/ Triboil) 12 voltas em 30m53s791

2 Renato Rattes (Magneti Marelli/ Valvoline/ Colamais) a 0s493
3 Ralf Krause(Arias/ Patri/ Car System) a 0s752

4 Ricardo Rodrigues (Sauva Preparações) a 1s612
5 Edgar Amaral/ Marcio Gonzales (Arias/ Ponto Auto Multimarcas/ Master) a 1s651

6 Marcos Donadio (Mad Contabil/ Center Car) a 48s087


Ligth:

1 Ney Galvão (Norton/ Sauva) 12 voltas em 31m02s967

2 Carlos Vallone (Arias/ Hi-tech Blindagens/ Planam/ Izzo)  a 0s937

3 Alexandre Camara (Uncle K) a 3s842

4 Marcio Gallian (Alpie Comp.) a 13s012

5 Celso Jafet (Arias) a 22s412
6 Michelle Santos (Siwl/ TV Cultura/ Pegasus Centro Auto) a 1m18s329

 
Melhor volta: Zigomar Farias na 2ª volta em 2m05s070

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *