Pick-Up: Categoria chega a Caruaru com tabu a ser quebrado

Felipe Lapenna quer aproveitar a boa fase na categoria e quebrar seqüência de vitórias do líder do campeonato.

Desde que se uniu a Stock Car Brasil, no começo da temporada 2008, a Pick-Up Racing teve apenas um vencedor. Nas três etapas disputadas até aqui pela categoria, Gustavo Sondermann se tornou o homem a ser batido. Mas para a quarta corrida do ano, confirmada para este domingo em Caruaru (PE), seus adversários mais próximos pretendem quebrar esse tabu, e roubar do paulista a posição de único ganhador da temporada.

“Estamos todos vivendo uma fase de evolução na categoria, e os resultados têm melhorado a cada etapa”, disse o piloto da equipe Full Time Sports Felipe Lapenna (Web Motors). “Disputando a Copa Vicar e a Pick-up Racing, que têm carros muito parecidos, a adaptação fica mais rápida. Por isso tudo, acredito em um bom resultado na pista de Caruaru”, comenta Felipe Lapenna.

Colecionador de vitórias e títulos no kart – entre eles o de Campeão Brasileiro da modalidade em 2002 –, Felipe Lapenna é um piloto com larga experiência no automobilismo, mas que estréia nova fase na carreira. Disputou a Fórmula Renault Brasileira – categoria na qual foi campeão em 2006 – e depois partiu para o automobilismo europeu, competindo na Fórmula Renault Italiana e Européia.

Com toda essa bagagem na carreira, Lapenna voltou ao Brasil e estreou na Pick-up Racing, categoria que existe desde 2001 e foi pioneira no país ao utilizar, primeiro, o gás natural veicular (GNV) como combustível – e, posteriormente, o álcool. Na temporada 2008 a categoria se uniu a Stock Car, deixou de lado os carros de rua adaptados para as competições e passou a utilizar os mesmos chassis tubulares – com motores V8 e carenagem de fibra de vidro – usados pela principal classe do automobilismo no país.

“A categoria me deixou muito impressionado desde o primeiro treino. Os carros são muito rápidos e tornam as corridas muito divertidas para nós, pilotos, e muito interessantes para o público”, aponta Felipe Lapenna, quarto colocado no campeonato. As três primeiras posições são ocupadas, respectivamente, por Gustavo Sondermann, Thiago Riberi e Paulo Salustiano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *