Pick-Up: Categoria têm novas ‘férias forçadas’ em 2009

Categorias voltam às pistas apenas na segunda metade de setembro, no Rio.

Enquanto a Copa Nextel fará sua primeira incursão ao Nordeste do Brasil no próximo mês de agosto, as outras categorias que compõem o circo da Stock Car serão obrigadas a tirar mais umas semanas de folgas forçadas.

Depois de se apresentarem no último dia 5 de julho, a Copa Vicar e a Pick-up Racing enfrentam um hiato de dois meses e meio até a próxima etapa, marcada para 20 de setembro em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

No entanto, enquanto pilotos e fãs se mordem de ansiedade, tem gente que comemora, em parte, o intervalo. Alexandre Gramacho que o diga. Dono de uma equipe em cada categoria e tendo de administrar nada menos que seis carros, o que mais falta para ele é, justamente, tempo.

“Dá para fazer as coisas sem aquele estresse da correria. Ficamos tranquilos para cuidar da parte da revisão minunciosa de cada equipamento, e podemos estudar algumas coisas não só para o carro, mas também para o funcionamento da equipe em geral”, destaca o líder da Gramacho Costa (Tozan) na Copa Vicar, e da Gramacho Stedile (Tozan/Irapuru Transportes) na Pick-up Racing.

“Nesse período, operamos como uma empresa comum: vamos ao escritório todos os dias e cumprimos horário. A única diferença é que nosso escritório é uma oficina e nosso produto final são carros de corrida. De resto é tudo igual: precisamos mostrar resultados para obtermos retorno e lucro”, continua Gramacho, cuja equipe é sediada em Indaiatuba, no interior de São Paulo.

No entanto, como o automobilismo é um esporte bastante dinâmico, com muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo, a ausência de atividades por um certo período acaba sendo prejudicial em alguns aspectos.

“Durante os eventos, nossa mente é sempre obrigada a pensar rápido, e esses espaços muito grandes entre as corridas não contribuem muito para isso. Sempre prefiro a atividade diária”, destaca.

“Depois de duas vitórias no mesmo fim de semana, a gente ficou extremamente animado e empolgado para seguir correndo e lutando, mas vamos segurar nosso ímpeto até setembro. Se eu fico assim, ansioso, imagino os pilotos…”, completa, referindo-se às vitórias obtidas por Gustavo Sondermann (Banco Sofisa/Colonial Racing/CHT), na Copa Vicar, e Thiago Riberi (Colonial Racing/Del Rey Transportes/Gráfica Progresso/Cantina Diffatto), na Pick-up Racing.

Além deles, a Gramacho também conta com Rodrigo Navarro (Qualicorp), Renato Jader David (Jader Racing) e Cadú Pasetti (Xandô).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *