Pick-Up: Pernambucano Robson Vieira deixa a Copa Clio e estréia em casa pela nova categoria

Piloto de Santa Cruz do Capibaribe faz sua primeira prova com as picapes na etapa de Caruaru, marcada para o próximo domingo

O público de Pernambuco terá dois nomes para os quais torcer na quarta etapa da Pick-up Racing, que será realizada neste domingo (10) no Autódromo Ayrton Senna, em Caruaru. Além de Beto Monteiro, que confirmou ontem (terça, 5) presença no evento, o piloto de Santa Cruz do Capibaribe Robson Vieira, egresso da Copa Renault Clio, fará parte do grid nesta etapa, e vai continuar correndo na Pick-up Racing até o final da temporada.


 


Robinho Vieira (Agente Corretora) vai integrar a equipe Maino Racing, e será companheiro de equipe do ex-campeão inglês de Fórmula Renault Aloísio Coelho. “Encaro essa mudança como uma evolução natural da minha carreira. Já participei de vários campeonatos de turismo e, quando recebi a proposta para correr na Pick-up Racing, aceitei na hora”, comentou o piloto, que depois de vários anos competindo no kart, estreou no automobilismo em 1995. Em seu currículo ele exibe títulos na Copa Norte-Nordeste de Corsa, participações na extinta Copa Corsa Metrocar e no Campeonato Paulista de Marcas e Pilotos.


 


Nome de destaque entre os estreantes da Copa Clio neste ano, Robinho enfatiza que estrear pela Pick-up Racing correndo em casa é a melhor opção para qualquer piloto. E define como “um privilégio” o fato de poder conhecer as máquinas de mais de 300 cv da categoria em um circuito que já domina.


 


“Na Copa Clio precisei me adaptar ao carro em pistas que não conhecia, e por isso acho positivo poder estrear em casa desta vez. Vou ter nas mãos um carro mais potente, de tração traseira, que tem reações bastante diferentes dos modelos de tração dianteira aos quais eu estava acostumado. Acredito que as corridas que fiz na Clio neste ano vão me dar uma boa base, mas tudo a partir de agora será um grande aprendizado”, avaliou Vieira.


 


A Pick-up Racing é uma das categorias de maior sucesso no automobilismo nacional. Idealizada no Rio Grande do Sul, começou a ser disputada em 1999 – embora sua primeira corrida oficial seja a do dia 08 de abril de 2001, quando recebeu a homologação da Confederação Brasileira de Automobilismo. De lá para cá se tornou referência, principalmente ao ser a primeira categoria do automobilismo mundial a usar gás natural veicular (GNV) como combustível.


 


Em 2008 a Pick-up Racing se uniu a Stock Car Brasileira e deixou os modelos de rua adaptados para corrida, para usar os chassis tubulares com carenagens de fibra de vidro – semelhantes aos usados pela principal classe do automobilismo nacional. Os motores são V8 com 330 cavalos de potência – que levam os carros a cerca de 240 km/h.


 


Para a etapa de Caruaru, os pilotos entram na pista no sábado, data dos primeiros treinos livres e tomadas de tempo. A corrida válida pela quarta etapa o campeonato será no domingo (10) e marca o retorno da categoria de picapes ao Nordeste após três anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *