Porsche GT3 Cup: bicampeão, Paludo chega à décima vitória na prova de encerramento da temporada

Foi quase uma repetição da corrida anterior. Miguel Paludo largou na pole position, liderou de ponta a ponta e recebeu a bandeirada à frente do segundo colocado – Leo Burti, em ambos os casos. Foi assim a prova 16 do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil, que encerrou a temporada de 2009. Primeiro bicampeão da categoria, Paludo passa a ser também o recordista de pontos marcados em uma única temporada: chegou a 270 e superou os 266 marcados por Ricardo Baptista, campeão de 2007.

Como na prova 15, as maiores disputas aconteceram do terceiro lugar para trás. Ricardo Baptista, que lutava pelo vice-campeonato com Constantino Júnior, assumiu a posição no começo da corrida e a manteve até a bandeirada. Constantino, que largou em 11° lugar, fez uma corrida de recuperação e se aproximou de Baptista nas voltas finais, mas sem conseguir a ultrapassagem. No final, Constantino conquistou o vice-título com seis pontos de vantagem sobre Baptista. Beto Posses foi o quinto colocado, enquanto Luís Zattar, Tom Valle, Marcel Visconde e Maurizio Billi receberam a bandeirada nas colocações seguintes depois de uma intensa disputa pelo sexto lugar. Valle e Marcel fizeram corridas de recuperação: o primeiro rodou no começo da corrida, enquanto Marcel largou em penúltimo lugar. Ele se acidentou na primeira corrida do dia e participou da segunda com o carro de seu irmão, Henry Visconde, que optou por não disputar a prova final. Sérgio Ribas também teve atuação notável: ele caiu para último ao rodar na primeira volta na Descida do Lago e conseguiu terminar em décimo.

A vitória no encerramento da temporada foi a décima de Paludo durante o ano. Constantino Júnior, vice-campeão, venceu quatro corridas. Marcel Visconde e Leo Burti foram os vencedores das duas provas restantes, ambos alcançando suas primeiras vitórias na categoria.

Resultado final da prova 16 do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil:

1) 77-Miguel Paludo, 16 voltas em 27:17.830, média de 151,541 km/h
2) 87-Leo Burti, a 6.772
3) 27-Ricardo Baptista, a 10.367
4) 00-Constantino Júnior, a 11.809
5) 52-Beto Posses, a 26.832
6) 3-Luís Zattar, a 30.204
7) 99-Tom Valle, a 30.682
8) 55-Marcel Visconde, a 30.818
9) 34-Maurizio Billi, a 32.443
10) 64-Sérgio Ribas, a 36.605
11) 89-Daniel Paludo, a 43.008
12) 36-Charles Reed, a 1:05.336
13) 10-Adalberto Baptista, a 1:10.009
14) 18-Danilo Fernandez, a 1:17.339
15) 11-Omilton Visconde, a 1 volta
16) 7-Clemente Lunardi, a 9 voltas
17) 9-Guilherme Figueirôa, a 11 voltas
18) 51-Otávio Mesquita, a 13 voltas

Não largaram: 21-Valter Rossete, 15-Henry Visconde, 31-Marcos Barros

Volta mais rápida: Miguel Paludo, 1:41.865, média de 152,284 km/h

Classificação final do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil após 16 provas (entre parênteses, a pontuação de cada piloto após a aplicação dos dois descartes obrigatórios pelo regulamento)

1) Miguel Paludo, 270 pontos; 2) Constantino Júnior, 191; 3) Ricardo Baptista, 195 (185); 4) Marcel Visconde, 163 (162); 5) Tom Valle, 155; 6) Leo Burti, 148; 7) Beto Posses, 147; 8) Clemente Lunardi, 124; 9) Sérgio Ribas, 115; 10) Luís Zattar, 104; 11) Maurizio Billi, 93; 12) Marcelo Ometto, 74; 13) Otávio Mesquita, 67; 14) Guilherme Figueirôa, 51; 15) Adalberto Baptista, 46; 16) Charles Reed, 36; 17) Valter Rossete, 34; 18) Daniel Paludo, 32; 19) Antônio Hermann, 23; 20) José Mário Castilho, 18; 21) Haroldo Pinto, 17; 22) Henry Visconde, 17; 23) Omilton Visconde Jr., 16; 24) Marcos Barros, 10; 25) Danilo Fernandez, 9; 26) Gustavo Michelsen e Lucas Molo, sem pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *