Porsche GT3 Cup: Constantino vence a terceira do ano

Paludo e Baptista decidem o segundo lugar na reta de chegada.

Perder o primeiro lugar na largada não foi empecilho para Constantino Júnior vencer a terceira prova do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil, disputada neste sábado no autódromo de Interlagos, em São Paulo. O líder do campeonato venceu uma corrida movimentada, marcada por rodadas, saídas de pista e disputas. Na mais emocionante delas, Miguel Paludo (campeão de 2008) e Ricardo Baptista (campeão de 2007) decidiram o segundo lugar na reta de chegada. Paludo terminou apenas 0s2 à frente de Baptista.

Disputada com sol e calor, a corrida teve um momento de expectativa quando Léo Burti, segundo colocado no grid, superou o pole Constantino na largada. Ele liderou toda a primeira volta, mas na segunda rodou no S do Senna. Burti explicou depois da prova que esqueceu-se de mudar o balanço dos freios antes da curva e chegou à curva com a maior parte da carga de frenagem regulada para as rodas traseiras, o que tornou a rodada inevitável. Desse momento em diante, Constantino e Baptista assumiram os dois primeiros lugares.

Atrás deles, Paludo assumiu o terceiro lugar depois de superar Beto Posses e Clemente Lunardi, que passaram boa parte da corrida brigando pela quarta colocação. Sérgio Ribas, em sexto, teve muito trabalho para conter os ataques de Marcelo Ometto, que largou em 20º lugar por não ter participado do treino classificatório. A excelente corrida de Ometto terminou quando ele danificou o radiador de seu carro ao bater na traseira de Ribas na freada do S do Senna. O líquido vazado do radiador deixou a pista escorregadia, fazendo com que o ritmo da corrida diminuísse nas voltas finais. Mesmo assim, a luta pelo segundo lugar só foi decidida na reta final. Baptista, com seu carro perdendo equilíbrio, viu Paludo e Posses se aproximarem rapidamente. O campeão de 2007 perdeu o segundo lugar, mas conseguiu receber a bandeirada à frente de Posses (campeão do Porsche GT3 Cup em 2005).

Como sempre, não faltaram disputas nos blocos intermediários. Luís Zattar e Marcel Visconde, oitavo e nono colodados, receberam a bandeirada separados por apenas 1 décimo de segundo. Atrás deles, blocos como os formados por Haroldo Pinto, Charles Reed, Guilherme Figueirôa e Marcos Barros também proporcionaram bons momentos ao público presente em Interlagos. Os irmãos Omilton e Henry Visconde protagonizaram um duelo igualmente interessante.

Resultado final da prova 3 e grid de largada da prova 4:

1) 00-Constantino Júnior, 16 voltas em 27:29.957, média de 150,427 km/h
2) 77-Miguel Paludo, a 2.228
3) 27-Ricardo Baptista, a 2.490
4) 52-Beto Posses, a 2.665
5) 7-Clemente Lunardi, a 4.003
6) 64-Sérgio Ribas, a 13.563
7) 51-Otávio Mesquita, a 14.468
8) 3-Luís Zattar, a 31.378
9) 55-Marcel Visconde, a 31.444
10) 78-Haroldo Pinto, a 40.023
11) 9-Guilherme Figueirôa, a 56.841
12) 31-Marcos Barros, a 1:01.170
13) 15-Henry Visconde, a 1 volta
14) 36-Charles Reed, a 1 volta
15) 11-Omilton Visconde, a 1 volta
16) 8-Marcelo Ometto, a 4 voltas
17) 5-Antônio Hermann, a 9 voltas
18) 99-Tom Valle, a 10 voltas
19) 87-Léo Burti, a 12 voltas
20) 34-Maurizio Billi, a 16 voltas
21) 10-Adalberto Baptista, não largou

Classificação do Porsche GT3 Cup Challenge Brasil:

1) Constantino Júnior, 60 pontos; 2) Miguel Paludo, 52; 3) Sérgio Ribas, 36; 4) Tom Valle, 34; 5) Clemente Lunardi, 33; 6) Beto Posses, 33; 7) Ricardo Baptista, 29; 8) Marcel Visconde, 24; 9) Otávio Mesquita, 18; 10) Marcelo Ometto, 13; 11) Maurizio Billi, 13; 12) Guilherme Figueirôa, 11; 13) Charles Reed, 11; 14) Luís Zattar, 8; 15) Adalberto Baptista, 7; 16) Haroldo Pinto, 6; 17) Antônio Hermann, 5; 18) Marcos Barros, 4; 19) Henry Visconde, 3; 20) Omilton Visconde, 1; 21) Léo Burti, sem pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *