Porsche GT3 Cup: preliminar do GP do Brasil vê a primeira vitória de Leo Burti

Piloto saiu da segunda posição no grid para vencer em Interlagos.

Arquibancadas cheias e preliminar do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1. Não poderia haver melhor ocasião para Leo Burti conquistar sua primeira vitória no Porsche GT3 Cup Challenge Brasil. Leo, irmão do ex-piloto de F1 e comentarista de F1 da Rede Globo, Luciano Burti, estreou neste ano na categoria e mostrou-se competitivo desde sua primeira prova. “Faltava ganhar uma corrida. Eu não aguentava mais conquistar segundos lugares!”, brincou após receber um banho de champanhe dos colegas.

Na prova deste domingo, Burti largou em segundo lugar e se manteve desde a largada próximo ao líder e bicampeão antecipado Miguel Paludo, que largou na pole position. A liderança de Paludo durou seis voltas; na seguinte, Paludo parou por pane no câmbio. “Quando o Miguel parou, eu sabia que era apenas uma questão de administrar a corrida. Tínhamos uma vantagem confortável sobre nossos perseguidores”, afirmou Burti após a prova. Nem mesmo a entrada do safety car, motivada por uma colisão entre Gustavo Michelsen e Lucas Molo, tirou a confiança do vencedor. O acidente aconteceu quando Michelsen rodou na saída do Bico de Pato e foi atingido por Molo, que não teve por onde desviar.

Atrás de Burti e Paludo, a corrida também ofereceu grandes emoções ao público de aproximadamente 60.000 pessoas que compareceu a Interlagos. Tom Valle terminou em segundo lugar depois de disputar a posição com Marcelo Ometto, terceiro colocado, e Ricardo Baptista, que se atrasou ao rodar depois de passar por cima de uma zebra que, apesar do sol no momento da corrida, continuava molhada pela chuva que caiu durante a noite na cidade de São Paulo. Otávio Mesquita, Marcel Visconde e Clemente Lunardi completaram o pódio com atuações notáveis: Otávio largou em nono lugar, Marcel em 11° e Lunardi em 12°. Todos tiveram que “abrir caminho” em meio a muitas disputas com pilotos como Luís Zattar e Constantino Júnior, que também andaram entre os seis primeiros colocados.

Resultado final da prova 14 do Porsche GT3 Cup, disputada como preliminar do GP do Brasil de F1:

1) 87-Leo Burti, 14 voltas em 26:04.480, média de 138,815 km/h
2) 99-Tom Valle, a 1.333
3) 8-Marcelo Ometto, a 2.466
4) 51-Otávio Mesquita, a 3.139
5) 55-Marcel Visconde, a 6.440
6) 7-Clemente Lunardi, a 6.788
7) 27-Ricardo Baptista, a 6.876
8) 00-Constantino Júnior, a 8.995
9) 64-Sérgio Ribas, a 9.866
10) 34-Maurizio Billi, a 14.970
11) 15-Henry Visconde, a 19.192
12) 18-Danilo Fernandez, a 27.295
13) 21-Valter Rossete, a 31.086
14) 3-Luís Zattar, a 1:28.159
15) 9-Guilherme Figueirôa, a 1 volta
16) 10-Adalberto Baptista, a 2 voltas
17) 5-Antônio Hermann, a 2 voltas
18) 52-Beto Posses, a 3 voltas
19) 4-Gustavo Michelsen, a 7 voltas
20) 46-Lucas Molo, a 7 voltas
21) 77-Miguel Paludo, a 8 voltas
22) 89-Daniel Paludo, a 8 voltas
23) 11-Omilton Visconde Jr., a 10 voltas
24) 36-Charles Reed, a 13 voltas.

Melhor volta: Miguel Paludo, 1:41.196, média de 153,291 km/h

Classificação do campeonato após 14 de 16 provas: 1) Miguel Paludo, 230 pontos (campeão); 2) Constantino Júnior, 172; 3) Ricardo Baptista, 165; 4) Marcel Visconde, 155; 5) Tom Valle, 134; 6) Beto Posses, 125; 7) Leo Burti, 112; 8) Clemente Lunardi, 104; 9) Sérgio Ribas, 101; 10) Luís Zattar, 87; 11) Maurizio Billi, 77; 12) Marcelo Ometto, 74; 13) Otávio Mesquita, 67; 14) Guilherme Figueirôa, 47; 15) Adalberto Baptista, 38; 16) Valter Rossete, 33; 17) Charles Reed, 32; 18) Daniel Paludo, 28; 19) Antônio Hermann, 23; 20) José Màrio Castilho 18; 21) Haroldo Pinto, 17; 22) Henry Visconde, 16; 23) Omilton Visconde Jr., 15; 24) Marcos Barros, 10; 25) Danilo Fernandez, 5; 26) Gustavo Michelsen e Lucas Molo, sem pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *