Rali-Dakar: Sul-africano é a primeira vítima do Rally em 2007

O piloto de moto sul-africano Elmer Symons morreu hoje após sofrer um acidente na especial entre Er Rachidia e Ouarzazate, no Marrocos.


Segundo comunicado do site oficial, “às 9h16 a central da organização recebeu um alerta vindo do quilômetro 142 da quarta especial”.

Um helicóptero da organização foi enviado e chegou ao local oito minutos depois, mas o piloto já estava morto. Dez minutos depois o helicóptero médico pousou no local e confirmou o falecimento de Symons.

“A organização aguarda o retorno de Kingsley Symons, que cuidava do apoio de seu irmão, para passar seu pesar”, informa o comunicado.

O piloto gerenciava uma companhia especializada em exportação de peças metálicas dos Estados Unidos para África do Sul, tinha 29 anos e era estreante no Dakar. Sua experiência anterior era como apoio em duas edições passadas. Elmer estava em 18° na classificação geral.

Trágica coincidência – Há exato um ano, em 9 de janeiro de 2006, morreu o piloto de moto australiano Andy Caldecott após cair da moto. A morte de Elmer é a 16ª na história do Dakar, entre os competidores. Integrantes de equipes de apoio e membros da organização, como o idealizador Thierry Sabine, também já perderam suas vidas no chamado rali da morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *