Rally: Após coma, espanhol acidentado no Dakar deve deixar o Chile

O motociclista espanhol Cristóbal Guerrero, vítima de um acidente no norte do Chile durante a última edição do Rally Dakar, pode voltar à Europa nos próximos dias, após passar várias semanas em coma induzido. A informação de que o piloto deve deixar Santiago foi divulgada por sua própria família.

“Possivelmente, na semana que vem ele será transportado para a Espanha”, disse o filho do piloto. A família ainda estuda como fazer a viagem e qual será o hospital de destino. O local está sendo escolhido de acordo com o equipamento necessário para seguir com o tratamento.

Cristóbal Guerrero, 48 anos, sofreu a queda no dia 13 de janeiro, no quilômetro 160 da décima etapa do Rally Dakar, e foi hospitalizado na localidade de Copiapó, 800 quilômetros ao norte de Santiago. Mantido em coma induzido, ele seguiu dias depois para Santiago.

Já na capital chilena, no dia 9 de fevereiro os médicos retiraram a sedação. “Ele está acordando pouco a pouco, mexendo pernas e braços”, afirmou o filho do piloto espanhol, que segue inconsciente. Em sua primeira edição na América Latina, o Rally Dakar foi disputado entre os 3 e 17 de janeiro, na Argentina e no Chile.

Fonte: Gazeta Esportiva.Net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *