Rally: Cassol e Lelinho faturam 2º lugar na penúltima etapa do Sertões

A dupla Marcos Cassol e Lélio Jr., da Equipe Grupo Coral de Rally, faturaram o segundo melhor tempo da penúltima etapa do Sertões – PLP 2008 na categoria Super Production e voltam à figurar entre os 10 primeiros da categoria.

Marcos Cassol e Lélio Jr., da Equipe Grupo Coral de Rally, comemoraram uma conquista dupla na 9ª e penúltima etapa do 16º Rally Internacional dos Sertões – PLP 2008, nesta quinta-feira (26/06), entre Crateús (CE) e Mossoró (RN).


A dupla faturou a segunda posição do dia na categoria Super Production, com tempo de 1h55min17seg, e está novamente entre os dez melhores na disputa geral de carros. O resultado na etapa garantiu a Cassol e Lelinho a sexta melhor marca da 9ª etapa.


“E o melhor do dia foi que aceleramos tudo que podíamos e o Touareg que largou atrasado não conseguiu nos ultrapassar. Conseguimos chegar à frente deles. Escutávamos pelo rádio as outras duplas abrindo passagem para o carro da Volks, mas ele não nos alcançou, nem ao Marlon”, brincou Cassol.


Segundo Lelinho, a especial desta quinta-feira foi tranqüila e muito travada. “Foi mais um trecho bem gostoso de navegar, assim como todo o trajeto desta edição do Sertões”, disse. O percurso inicial, de 166 km entre Crateús (CE) e Mossoró (RN), teve cerca de 40 km cancelados em razão de um alagamento na região de brejo no último trecho.


Minutos preciosos – Vanderlei Cassol e Rodrigo Mello, também do time goiano, tiveram um problema mecânico e ficaram cerca de 10 minutos parados na trilha. A dupla completou a especial em 2h06min56seg e ficou com a 4ª posição na categoria Protótipos e o vigésimo tempo da etapa.


“Infelizmente, em uma especial curta como esta, qualquer minuto perdido faz muita diferença e o tempo que perdemos para consertar o carro nos jogou para baixo na classificação”, comentou Vanderlei.


Areia – Encerrando a 16ª edição do Sertões – PLP 2008, os competidores percorrem, nesta sexta-feira (2706), 130 km de especial (410 km de deslocamento total) entre Mossoró e Natal, capital potiguar. Apesar da diferença de tempo entre as primeiras duplas na classificação geral, a Equipe Grupo Coral de Rally acredita que a areia das dunas de Natal podem trazer surpresas. “As dunas vão pegar muita gente. Tomara que consigamos completar o trecho e melhorar um pouco mais nossa posição”, apontou o navegador Rodrigo Mello.


 A Equipe Grupo Coral é patrocinada pela Mitsubishi, BF Goodrich, Grupo Coral, Soagro, John Deere, PPA, Pool de Compras, FMC, Marca Motors, Luffer e Sapporo Japanese Food.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *