Rally: Chuva forte e muito barro enalteceram os campeões do primeiro dia do Rally Caminho Novo Blindex

Prova foi cansativa, mas muito elogiada pelos competidores. Chuva “penerou” as equipes e proporcionou dificuldades inesperadas.

Os competidores do 6º Rally Caminho Novo Blindex Off-Road não tem medo de lama. Neste sábado, as 56 duplas – 16 na Super Máster, 16 na Máster, 16 na Sênior e 8 na Turismo – encararam 217 quilômetros entre as cidades de Juiz de Fora e São João del Rei, MG, embaixo de chuva forte. O primeiro dia do evento valeu pontos para a 2ª etapa da Copa Mineira de Rally 4×4.

O terreno ficou extremamente liso, com diversos trechos de barro pesado. Foi difícil para o piloto manter o carro em linha reta, pois a aderência dos pneus com o solo era mínima. Os carros deslizavam bastante, fazendo o hodômetro girar em falso, desta forma, coube ao navegador corrigir constantemente o equipamento a fim de não perder o roteiro e, tampouco, o tempo de prova. No total foram 7 horas 04 minutos e 02 segundos.

Tensão e adrenalina do começo ao fim! Concentração, habilidade e rapidez de raciocínio foram alguns dos diferenciais das duplas que subiram ao pódio desta etapa. Mesmo se tratando de uma competição muito cansativa, os off-roaders estavam plenamente satisfeitos e fazendo elogios ao certame.

O roteiro também passou por regiões de serra, com subidas e descidas íngremes, estradas vicinais e, ao longo de todo o percurso, apresentou obstáculos como erosões, pedras, cascalho, mata burro e travessias de rios.

Os vencedores da etapa na Super Máster foram Névio Andreola e Breno Rezende. Em segundo lugar ficaram Magno Aragão e Paulo Renato Ribeiro e, em terceiro, Carlos Salvini e Fernando Montá Filho. “O piloto teve que arriscar em algumas curvas e fazer manobras ousadas. A melhor parte foi dentro de um reflorestamento de eucalipto. Neste trecho tivemos que obedecer a média de 50 km/h, com várias mudanças de direção (direita e esquerda)”, detalhou Aragão.

Na Máster, os campeões foram Bráulio Ferreira e Pedro Paulo de Oliveira. Na sequência veio o casal Anderson e Maria Aparecida Soares, e Pedro Agrelle e Lobsang Max, na segunda e terceira posições, respectivamente.

Pai e filho, Ricardo e Matheus Mazzei faturaram o primeiro lugar na Sênior, seguidos de Ricardo José Siqueira e Bernardo Carvalho Siqueira, e Marcelo Ladeira e Farley Miranda.

E por fim, na Turismo, os melhores foram Marcelo Pinheiro e Bernardo Pereira Gravina, com Wilson Werneck e João Daniel na segunda posição, e Alexandre Andrade e Oswaldo Santos em terceiro.

Amanhã, os participantes seguem para Belo Horizonte, em mais 314 quilômetros de estradas de terra, e pela previsão do tempo, com mais chuvas. Os competidores começam a chegar a partir das 15 horas, no Restaurante El Fuego no Alphaville – local da premiação.

Dez minutos com o meio ambiente

Logo após a largada em Juiz de Fora, as equipes tiveram um neutro de 10 minutos no km 798 da BR-040 para plantar mudas de Ipê amarelo e roxo. A parceria foi firmada com a Concer – Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora-Rio – com o objetivo de contruibuir para a renovação do ar e do meio ambiente.

Classificação – 6° Rally Caminho Novo Blindex Off-Road
2ª etapa Copa Mineira

Super Máster

1º Nevio Andreolli e Breno Rezende, 180 pontos perdidos (Belo Horizonte/Juiz de Fora, MG)
2º Magno Aragão e Paulo Renato Ribeiro, 199 pontos perdidos (Niterói, RJ / Juiz de Fora, MG)
3º Carlos Salvini e Fernando Montá Filho, 223 pontos perdidos (Petrópolis, RJ)
4º Fernando Lage e Rafael Dal Bello, 238 pontos perdidos (Belo Horizonte / Uberlândia, MG)
5º José Felipe Neto e Thiago Vargas, 242 pontos perdidos (Niterói, RJ)

Máster

1º Bráulio Ferreira da Silva e Pedro Paulo de Oliveira, 81 pontos perdidos (Juiz de Fora, MG)
2º Anderson Silveira Soares e Maria Aparecida Soares, 216 pontos perdidos (Juiz de Fora, MG)
3º Pedro Agrelle e Lobsang Max, 230 pontos perdidos (Juiz de Fora, MG)
4º Marcos Camparini Júnior e Marcelo Franchini, 239 pontos perdidos (Franca, SP)
5º Eduardo Bonome e André de Melo Xavier, 317 pontos perdidos (Belo Horizonte / Contagem, MG)

Sênior

1º Ricardo Mazzei e Matheus Mazzei, 235 pontos perdidos (Juiz de Fora, MG)
2º Ricardo José Siqueira e Bernardo Carvalho Siqueira, 275 pontos perdidos (Belo Horizonte, MG)
3º Marcelo Ladeira e Farley Miranda, 454 pontos perdidos (Belo Horizonte, MG)
4º Marcelo Lana e Marco Túlio Lana, 676 pontos perdidos (Belo Horizonte / Divinópolis, MG)
5º Romeo Rezende e Marcos Fernando da Silva, 2.410 pontos perdidos (Cel. Fabriciano, MG)

Turismo

1º Marcelo Toneli e Bernardo Gravina, 35.089 pontos perdidos (Inhapim, MG)
2º Wilson Werneck e João Daniel, 43.222 pontos perdidos (Juiz de Fora, MG)
3º Alexandre Andrade e Oswaldo Andrade Santos, 48.000 pontos perdidos (Juiz de Fora, MG)
4º Reinaldo Pereira e Mysia Menezes, 48.000 pontos perdidos (Belo Horizonte, MG)
5º Daniel Pereira e Polliane Pereira, 48.000 pontos perdidos (Belo Horizonte, MG)

Programação

26 de julho – domingo

8h às 9h – São João Del Rei – Largo São Francisco – largada do segundo dia.
11h às 13h – Neutralizado em Lavras Novas – Ouro Preto.
15h às 19h – Chegada em Belo Horizonte, com “Rallyzinho” – Restaurante El Fuego no Alphaville – apuração e premiação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *