Rally: Cimed apresenta equipe que disputará Campeonato Brasileiro de Velocidade.

Depois de marcar presença com vitórias nas pistas e nas quadras de vôlei, a gora a Cimed parte para mais um desafio: disputar o campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade.

Para isso contará com duas duplas e dois carros Mitsubishi Evolution. Uma das duplas é a atual campeã brasileira de rali na N4 ( carros 2.0, turbo, 4×4) com Édio Fuchter e Lelo Perdigão e a outra, estreando na categoria, João Adibe, Campeão Brasileiro Trofeo  Maserati em 2005 e Marco Marini.

O primeiro desafio será já neste  final de semana, ( 29 de  março a 1º de abril) na etapa de abertura em  Tijucas, 40 quilômetros de Florianópolis. O 2º Rali do Litoral é uma prova veloz onde em alguns locais os carros da N4 alcançam velocidades superiores a 200 km/h em estradas de chão.  “A prova de estréia da equipe Cimed vai ser em uma prova muito rápida, mas ao mesmo tempo boa para se andar. O campeonato deste ano promete ser muito disputado e a previsão é de dez carros para a categoria que contará com pilotos experientes e carros novos” explicou Édio Fuchter.

Já o estreante em ralis, João Adibe disse estar motivado para o novo desafio. “Para mim tudo é novo. Andei com o carro duas vezes até agora e essa prova vai ser meu primeiro treino mais forte. Este ano vai ser de aprendizado, pois sempre andei no asfalto e quero finalizar a prova”, comentou Adibe.

O 2º Rali do Litoral abre a temporada de 2007 e promete ser um dos mais disputados dos últimos anos. Serão 269 quilômetros sendo que 104 de trechos cronometrados e 169 de deslocamentos nas regiões de Tijucas, Canelinha e São João Batista. Na sexta-feira será dada a Largada Promocional na Avenida Atlântica em Balneário Camboriú. No sábado a largada efetiva do rali será dada às 12h30min e as duplas terão seis trechos cronometrados classificatórios com encerramento previsto para as 18 horas. No domingo as duplas voltam para mais dois trechos cronometrados e depois um Super Prime em Balneário Camboriú. Logo após será feita a premiação.

Para a primeira prova do ano, Édio acha que será uma incógnita definir favoritos. “Muitos competidores estão com carros novos e isso exigirá um tempo para adaptação. Para os novos pilotos na categoria também acontecerá o mesmo. Acredito que o ritmo inicial será um pouco mais lento, mas à medida que a prova for se desenrolando o ritmo irá aumentar”, finalizou Fuchter.

A Cimed Racing tem patrocínio da Cimed, Cimed Genéricos, Cimegripe e Mitsubishi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *