Rally: Compreendendo o Velocerá

O Velocerá é um rali realizado em apenas um dia e cada etapa em um local diferente. O circuito é de aproximadamente 40 quilômetros, percorrido em três voltas – sendo chamadas de especiais.

Há um intervalo de duas horas entre cada bateria, onde os carros podem receber apoio mecânico.

São três as categorias do Velocerá:

– Production
– Super Production
– Protótipos

Estas categorias são as mesmas existentes tanto no campeonato Paulista, quanto no Brasileiro. O regulamento é praticamente o mesmo, salvo alguns ajustes para a nossa realidade.

O Velocerá já realizou em 2005 duas provas experimentais. A primeira aconteceu no dia 24 de Setembro e contou com um grid de 14 veículos. A segunda aconteceu em 17 de dezembro e nela compareceram 18 carros, incluindo competidores do sudeste do País. A expectativa para a primeira etapa deste ano é da participação de mais de 20 veículos.

Sobre os carros:

Para participar de um rali cross-country como o Velocerá é necessário ter um veículo específico para este tipo de prova: banco tipo concha, cinto de segurança com no mínino 4 pontos, gaiola de proteção, extintor com acionamento interno e externo e chave geral com duplo comando , que se encaixe nas normas de segurança definidas pela CBA (Confederação Brasileira Automobilismo) e padrão FIA (Federação Internacional de Automobilismo) . Além dos equipamentos de proteção para piloto e navegador: capacete devidamente homologado pelo Inmetro, macacão e sapatilhas anti-chama, luvas para o piloto e balaclava para aqueles que tenham barba.

Campeonato 2006

O Velocerá em 2006 contará com 4 etapas a serem realizadas nas seguintes datas:

– 25 de março
– 10 de junho
– 2 de setembro
– 4 de novembro

A primeira etapa

Para a primeira prova, o local já foi escolhido. Serão 39 quilômetros pelas estradas e trilhas da região das serras do Juá e Conceição – localizada s no município de Caucaia, a 40 quilômetros de Fortaleza.

O terreno terá como principal característica a piçarra, e se as chuvas continuarem a cair na região, o piso deverá estar escorregadio e perigoso. A atenção maior deverá ser nas travessias das passagens molhadas onde os pilotos/navegadores terão de diminuir a velocidade.

Todas as informações serão comentadas aos competidores antes da prova no briefing que antecede a largada e, também constarão na planilha da prova.

No apoio os carros podem receber manutenção e fazer ajustes mecânicos para conquistarem melhores tempos nas baterias seguintes.

Será mantido o controle de velocidade em 150 km/h.

O acesso a região é fácil, e chegada, largada e apoios estarão com base na BR-222, na altura do posto Bandeira Branca. Lá, o público poderá acompanhar todo o circo do rali em ação.

A promoção do Velocerá está a cargo dos organizadores Guilherme Holanda e Fernando Holanda (este último responde também pela direção técnica da prova) com a colaboração da Federação Cearense de Automobilismo.

O Velocerá tem o patrocínio de Trilha Fort, revenda Troller do Ceará, e conta com o apoio de SG Propag , Petral e Prefeitura Municipal de Caucaia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *