Rally Dakar 2022 – 8ª etapa

Nesta segunda-feira, dia 10/01, foi realizada a 8ª etapa do Rally Dakar 2022, 828 km entre Al Dawadimi e Wadi Ad Dawasir com uma especial de 394 km.
Motos
Numa especial marcada por grande dificuldade de navegação, o britânico Sam Sunderland (GasGas) soube aproveitar sua posição de largada ser o mais rápido, seguido pelo chileno Pablo Quintanilla (Honda) e do austríaco Matthias Walkner (KTM).
Com este resultado Sam Sunderland recuperou a liderança na geral. Ele está 3’45’’ à frente de Walkner e 4’43’’ à frente do francês Adrien Van Beveren (Yamaha), 9º colocado na etapa. Pablo Quintanilla é o 4º na classificação geral, seguido de outro piloto Honda, o espanhol Joan Barreda.
Quadriciclos
Vitória do francês Alexandre Giroud (Yamaha), apenas 45’’ à frente do brasileiro Marcelo Medeiros (Yamaha). O americano-argentino Pablo Copetti (Yamaha) foi o 3º colocado, cedendo mais 12’26’’ para Giroud.
Após a etapa Alexandre Giroud é líder e ampliou para 30’47’’ sua vantagem para Pablo Copetti. O polonês Kamil Wisniewski (Yamaha) assumiu a 3ª posição da geral. Marcelo Medeiros é o 8º na geral.
Carros
Vitória da dupla dos suecos Mattias Ekström e Emil Bergkvist (Audi RS Q e-tron), sua primeira no Dakar e a 2ª vitória da Audi. Eles completaram a especial 49” à frente dos companheiros de equipe, a dupla dos franceses Stéphane Peterhansel e Edourad Boulange. Mesmo com furo de pneu no início do dia, a dupla do francês Sébastien Loeb e o belga Fabian Lurquin (BRX Hunter) ficou com a 3ª colocação.
Na classificação geral a dupla do catariano Nasser Al-Attiyah e o francês Mathieu Baumel (Toyota) continua na liderança. Eles passaram por um grande susto com a quebra do diferencial traseiro quando faltavam 50 km, completando a especial apenas com a tração dianteira, na 11ª colocação. Eles estão 37’58’’ à frente de Sébastien Loeb e Fabian Lurquin. A dupla do árabe Yazeed Al-Rajhi e o britânico Michael Orr (Toyota) fez o 10º tempo na etapa e continua na 3ª colocação da acumulada.
Os brasileiros Marcelo Gastaldi e Cadu Sachs (buggy Century CR6) concluíram a etapa com a 33ª posição. Na acumulada estão com a 36ª posição.
Protótipos Leves T3
8ª vitória da dupla do americano Seth Quintero o alemão Dennis Zenz (OT3), 11’57’’ à frente da dupla do sueco Sebastian Eriksson e o holandês Wouter Rosegaar (Can-Am). A 3ª posição foi dos russos Pavel Lebedev e Kirill Shubin (Can-Am).
Sem correr riscos desnecessários a dupla dos chilenos Francisco Lopez Contardo e Juan Pablo Vinagre (Can-Am) foi a 4ª colocada na etapa, garantindo a manutenção da liderança com grande vantagem na acumulada, 1h 19’01’’ à frente de Sebastian Eriksson e Wouter Rosegaar. A 3ª posição é da dupla do espanhol Fernando Alvarez e o francês Xavier Panseri (Can-Am).
SSV / UTV T3
Dobradinha polonesa com a vitória de Marek Goczał e Lukasz Laskawiec (Can-Am), seguidos por Michal Goczal e Szymon Gospodarczyk (Can-Am). Eles dividiram o pódio com dupla do americano Austin Jones e o brasileiro Gustavo Gugelmin (Can-Am).
Após a etapa Austin Jones e Gustavo Gugelmin mantém a liderança, 6’38’’ à frente dos espanhóis Gerard Farres Guell e Diego Ortega Gil (Can-Am) e 14’49’’ à frente de Michal Goczal e Szymon Gospodarczyk.
Como no dia anterior, os brasileiros Rodrigo Lupi e Maykel Justo (Can-Am) chegaram a liderar a etapa, mas novamente enfrentaram problemas. Eles concluíram na 10ª colocação, caindo para a 6ª posição na geral.
Caminhões
6º pódio exclusivo da Kamaz e 3ª vitória do russo Dmitry Sotnikov, seguido dos russos Andrey Karginov e Eduard Nikolaev.
Com este resultado a liderança continua com Dmitry Sotnikov, 11’25’’ à frente de Eduard Nikolaev e 40’23’’ de Anton Shibalov.
Próxima etapa
Nesta terça-feira, dia 11/01, será disputada a 9ª etapa, um laço de 490 km com largada e chegada em Wadi Ad Dawasir, sendo 394 km contra o relógio.
Foto divulgação: Frédéric Le Floch / Florent Gooden / Horacio Cabilla / Eric Vargiolu / DPPI / ASO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *