Rally Dakar:: Bruno Varela, filho do campeão dos UTVs, estreia no Rally Dakar​

Jovem piloto é o atual vencedor da categoria no Rally Merzouga e também competirá com o Can-Am Maverick X3 no principal desafio do calendário off-road

Atual campeão dos UTVs no Rally Merzouga, Bruno Varela está em contagem regressiva para encarar o desafio mais importante da carreira, novamente a bordo do veículo Can-Am Maverick X3. O piloto paulista de 22 anos irá estrear no Rally Dakar entre os dias 6 e 17 de janeiro de 2019, ao lado do navegador Maykel Justo. Além do alto nível técnico da prova, Bruno Varela tem pela frente adversários de peso na categoria para UTVs. Entre eles, seu pai, o piloto paulista Reinaldo Varela, e o navegador catarinense Gustavo Gugelmin – os atuais campeões da categoria no Rally Dakar e representantes da equipe oficial Monster Energy/Can-Am.

“O Dakar é o maior rally do mundo. É uma honra, a realização de um sonho para qualquer piloto, poder disputar essa prova. É minha primeira vez, então estou bastante ansioso para o início da competição”, disse Bruno Varela. A edição 2019 será realizada em um percurso 100% em solo peruano e reserva 5.603 quilômetros de desafios, sendo 2.961 de especiais (trechos cronometrados).

Apesar de muito jovem, o caçula da conhecida “Família da Poeira” possui bastante experiência na categoria para UTVs – chamada no Rally Dakar de SxS. A vitória no Rally Merzouga representou o primeiro título do Brasil na prova no Marrocos, considerada um “mini Dakar”. Bruno Varela ainda tem no currículo os títulos do Rally dos Sertões e do Campeonato Brasileiro de Rally Baja em 2017. Seu navegador, o paulista Maykel Justo, irá participar do Rally Dakar pela nona vez. 

O fato de enfrentar o pai na categoria para UTVs não preocupa Bruno Varela – pelo contrário. “Se ele precisar de alguma coisa, alguma ajuda, estarei lá”, frisou. O piloto se sente bem preparado para a largada. “Fiz alguns treinos muito bons no Nordeste e nas dunas da África. Vai ser um rally duro, as dunas do Peru são difíceis de andar. Será preciso ter muita atenção, pois qualquer distração pode custar caro”, afirmou Bruno Varela. 

O histórico de sucesso do Can-Am Maverick X3 em terrenos semelhantes, no entanto, traz mais confiança. “O UTV Can-Am Maverick X3 é perfeito para as dunas, é muito difícil de atolar e é praticamente inquebrável. Ele tem um histórico incrível, já que o meu pai é o atual campeão do Rally Dakar e eu venci o Rally Merzouga 2018 com o mesmo modelo. É o melhor UTV do mundo”, garantiu Bruno Varela, lembrando que o modelo foi a escolha dos seis primeiros colocados no Desafio Inca 2018, também disputado nas areias do Peru.

Além dos treinos com o UTV, Bruno afirma ter intensificado os treinos físicos, na academia, para “poder chegar lá e aguentar esses dez dias e quase seis mil quilômetros de corrida”. Para o jovem piloto, o objetivo inicial é completar a prova. “Quem termina, normalmente, já garante uma boa colocação”, concluiu.

Sobre a BRP – A BRP (TSX: DOO) é líder global em design, desenvolvimento, fabricação, distribuição e comercialização de veículos de propulsão e sistemas de propulsão. O seu portfólio inclui motos de neve Ski-Doo e Lynx, embarcações Sea-Doo, veículos Can-Am off-road e Spyder, sistemas de propulsão marítima Evinrude e Rotax, bem como motores Rotax para karts, motocicletas e aeronaves recreativas. A BRP suporta sua linha de produtos com um negócio de peças, acessórios e roupas dedicados. Com vendas anuais de CA $ 4,2 bilhões em mais de 100 países, a BRP emprega aproximadamente 8700 pessoas em todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *