Rally Dakar: Dia agitado nos carros do Dakar tem vitória de catari e problemas com atual campeão

Vitória ficou com Nasser Al-Attiyah, seguido de perto pelo argentino Orlando Terranova; problemas no carro minam tentativa de tricampeonato de Nani Roma

O pior cenário possível se consolidou para o espanhol Nani Roma no primeiro dia do Rally Dakar 2015. O atual campeão teve problemas técnicos em seu carro Mini e foi obrigado a abandonar a etapa inaugural, neste domingo (4). Por outro lado, quem se deu melhor no trajeto de 833 quilômetros, sendo 170 km de trechos cronometrados, entre as cidades de Buenos Aires e Villa Carlos Paz, foi o catari Nasser Al-Attiyah, que fez o tempo de 1h12min50s.

“Dono da casa”, o argentino Orlando Terranova mostrou boa adaptação ao terreno e garantiu a segunda posição do dia com seu Mini, apenas 22 segundos atrás do líder. “Nós finalmente começamos o Dakar! Foi muito bom. Tivemos problemas de temperatura, queríamos ir mais rápido. Sem problemas, este foi apenas o começo”, diz Terranova. O norte-americano Gordon Robby, com seu Hummer, foi o terceiro e está 1min04s da primeira posição.

De volta à prova após 25 anos, a Peugeot não conseguiu alcançar as primeiras posições, porém está no pelotão. O melhor dos três carros da equipe foi o do espanhol Carlos Sainz, que ficou em oitavo, somando 2min6s atrás do líder.

O navegador brasileiro Eduardo Sachs, que faz sua estreia na competição, teve um bom desempenho. Ao lado do piloto português Ricardo Leal, ele terminou o dia na 26ª posição. A dupla canarinha Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, da Mitsubishi Petrobras, fez uma prova regular e terminou na 29ª posição, 7min08s atrás do líder. “O resultado não foi bom. Na primeira parcial estávamos com o 10º tempo, mas daí pra frente alcançamos o veículo do Cyril Despres e ele optou por não nos dar passagem. Fomos em um ritmo muito mais lento do que estávamos andando até o fim da especial”, explica Spinelli.

O calvário de Nani Roma

Campeão em 2004 entre as motos e em 2014 entre os carros, o espanhol Nani Roma encerra de maneira precoce o seu sonho por mais um título no Rally Dakar. Logo no quilômetro 10, o seu carro teve um problema que o fez perder mais de quatro horas. O catalão teve de esperar a chegada do caminhão de assistência para ser rebocado.

Só que os problemas não pararam por aí. Roma até tentou continuar na prova, mas teve outro problema com o motor do carro Mini e se viu obrigado a abandonar a etapa. Agora, o espanhol não tem mais chances de repetir o feito do último ano. Ele continuará competindo no Dakar com objetivo exclusivo de ajudar a sua equipe.

Segunda etapa

Os carros seguem na briga pelo título do Rally Dakar nesta segunda-feira (5). Eles irão de Villa Carlos Paz até San Juan, em trajeto de 625 quilômetros, sendo 518 km de trechos cronometrados.

Resultados (extraoficiais) – 1ª etapa Dakar 2015 – Carros

1º Nasser Al-Attiyah (CAT) / Matthieu Baumel (FRA) #301 (Mini) 1h12min50s
2º Orlando Terranova (ARG) / Bernado Graue (ARG) #305 (Mini) +22s
3º Robby Gordon (EUA) / Johnny Campbell (EUA) #308 (Hummer) +1min04s
4º Giniel de Villiers (RSA) / Dirk Von Zitzewitz (ALE) #303 (Toyota) +1min12s
5º Krzysztof Holowczyc (POL) / Xavier Panseri (FRA) #307 (Mini) +1min16s
26º Ricardo Legal (POR) / Du Sachs (BRA) #360 (Nissan) +6min41s
29º Guilherme Spinelli (BRA) / Youssef Haddad (BRA) #324 (Mitsubishi) +7min08s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *