Rally Dakar: Peugeot volta ao Dakar, depois de 25 anos, com campeões Carlos Sainz e Cyril Despres

Dupla levará marca francesa, vencedora da maior prova off road do planeta entre 1987 e 1990, para encarar os desafios da América do Sul em 2015

Depois de 25 anos, a Peugeot voltará a disputar o Rally Dakar. A montadora francesa tem um passado de sucesso na mais perigosa competição do mundo, ao conquistar o título na categoria carros por quatro anos consecutivos, entre 1987 e 1990. Desde então, a marca do leão não encarou mais as areias do Deserto do Saara. E nem enfrentará, já que desta vez, o desafio será na América do Sul.

Para conduzir o novo projeto, dois pilotos com muita experiência: Carlos Sainz, campeão de carros em 2010; e Cyril Despres. Em 2015, o piloto francês competirá pela primeira vez no Dakar sem ser sobre uma moto, após 15 anos e cinco títulos conquistados.

“As pessoas costumam falar que ou você ama o Dakar, ou você odeia o Dakar. Eu amo o Dakar. Minha paixão pela prova é óbvia. A Peugeot é uma montadora que sempre esteve presente em competições. Nunca fui parte da equipe, mas competi muitos anos contra eles e, de fora, consegue-se perceber a paixão que eles têm pelo esporte e quando decidem fazer um projeto, eles investem 100% das forças. E esta é a minha filosofia”, conta o espanhol bicampeão do Campeonato Mundial de Rali (WRC).

“Eu tenho muito respeito pelos pilotos que venceram o rali nas duas categorias (motos e carros). Espero conseguir fazer isso no futuro. A principal pergunta que todo mundo está fazendo é ‘Por que estou mudando de moto para carro?’. Acho que foi o momento certo e escolher a Equipe Peugeot é uma boa maneira de começar “, afirma Despres.

A decisão da marca francesa aconteceu, principalmente, após o sucesso do projeto realizado com Sébastien Loeb em Pikes Peak, em junho do ano passado. O super campeão do Campeonato Mundial de Rali (WRC) quebrou o recorde da lendária estrada no estado americano do Colorado com o tempo de 8m13s878, superando a marca anterior em mais de 1m30s.

O Dakar torna-se o novo foco da montadora em competições, com um programa de desenvolvimento a longo prazo. A equipe participará, ainda em 2014, de outras provas fora de estrada com o intuito de preparar pilotos e o novo carro para a maratona de 10 mil quilômetros percorrendo Argentina, Bolívia e Chile, em 2015. O novo modelo será apresentado no Pequim Motor Show, dia 20 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *