Rally: Daniel Oliveira é pioneiro do Brasil no IRC

Jovem baiano começa no dia 19, em Mônaco, a desenhar sua carreira no primeiro escalão do rali internacional.

Daniel Oliveira, de 24 anos, aposta em um 2010 de grande aprendizado. O piloto baiano disputará nesta temporada o IRC – Intercontinental Rally Challenge -, um dos mais difíceis e prestigiados campeonatos de rali do planeta. Ele será o primeiro brasileiro a competir regularmente no torneio. A bordo de um Peugeot 207 da equipe austríaca Stohl Racing, Oliveira terá ao seu lado o experiente navegador espanhol Carlos Del Barrio, que já disputou vários campeonatos com pilotos como Daniel Sordo – espanhol companheiro de equipe de Sebástien Loëb no WRC -, Xevi Pons – também espanhol, com várias participações no Mundial -, Toni Gardemeister – finlandês com vários pódios na categoria -, entre outros.

O IRC funciona ao mesmo tempo como uma vitrine e como um forte concorrente para o WRC (World Rally Championship, o prestigioso Campeonato Mundial de Rally), ao ponto de ter quatro vezes mais fabricantes envolvidas na disputa. Enquanto o Mundial de Rali tem apenas Ford e Citroën com apoio de fábrica, o IRC conta Honda, Peugeot, Proton, Skoda, Subaru e Volkswagen, além das preparadoras Abarth (com o Fiat Punto), e Ralliart (Mitsubishi Lancer Evolution).

Daniel é o único brasileiro com a carreira inteiramente direcionada a nível internacional para os ralis de velocidade. Seu objetivo a médio prazo é profissionalizar-se no WRC. “Será um grande desafio e dei este passo pensando em conquistar um grande aprendizado com esta experiência na Europa”, disse Daniel. “O IRC está crescendo muito e quero aprender o máximo possível. Sei que não vai ser fácil, mas estou pronto para absorver esta nova realidade”, afirmou o piloto, que correrá na categoria S2000.

Nascido em Salvador, Oliveira começou no kart ainda na infância. Mas, em 2008, ele decidiu trocar o asfalto pela poeira e partiu para as competições off-road. Naquele ano, foi vice-campeão da Mitsubishi Cup Nordeste, na categoria Cross Country, e em 2009 iniciou a carreira no rali de velocidade.

Para crescer profissionalmente, o jovem baiano disputou o Campeonato Argentino de Rally, o mais competitivo da América Latina. Participou também de algumas etapas do Campeonato Sul-Americano. Em ambos os torneios, competiu a bordo de um Subaru Impreza STi. No certame argentino, Daniel contabilizou uma vitória em sua primeira temporada no rali de velocidade, na categoria N4 Light; e no Sul-americano conquistou um terceiro lugar na categoria principal. “Foi uma ótima experiência e aprendi muito na Argentina. Agora vou para a Europa, em uma competição na qual serei mais exigido, e creio que isso me fará crescer como piloto”, diz.

No IRC, o primeiro desafio será o tradicional e exigente Rally de Monte Carlo, a ser disputado entre 19 e 23 de janeiro. “É um rali dificílimo. Para se ter uma idéia, em uma mesma especial o piloto tem pela frente trechos de asfalto, neve e gelo. Vai ser um grande desafio desde o início”, explicou.

O Peugeot 207, de 280 cavalos, é preparado pelo austríaco Manfred Stohl, campeão em diversas categorias do rali europeu. A temporada 2010 do Intercontinental Rally Challenge é composta por 12 etapas, inclusive com uma prova no Brasil.

Confira o calendário 2010 do IRC:

19-23/janeiro: Mônaco
04-06/março: Brasil (Curitiba)
19-21/março: Argentina
04-06/junho: Itália
24-26/junho: Bélgica
15-17/julho: Portugal (Açores)
05/07/agosto: Portugal (Madeira)
27-29/agosto: República Checa
09-11/setembro: Espanha
23-25/setembro: Itália
14-16/outubro: Reino Unido
04-06/novembro: Chipre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *