Rally de Erechim mantém preocupação com meio ambiente

A preocupação com o meio ambiente tem tido importante ênfase no Erechim Rally Brasil nos últimos anos e seguirá com esta máxima para a edição de 2018, a 21ª do maior e principal evento de rali de velocidade do Brasil.

Assim como nos últimos anos, o Rally de Erechim, irá contabilizar e compensar suas emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE). Um dos responsáveis pelo projeto, o biólogo Thomaz Tomazoni, da empresa FAU Agricultura Meio Ambiente, destaca que o efeito estufa corresponde a uma camada de gases que cobre a superfície da terra, e é um fenômeno natural fundamental para manutenção da vida no planeta, porém como muitas atividades humanas emitem uma grande quantidade de GEE. “Esta camada tem ficado cada vez mais espessa, aumentando a temperatura da atmosfera terrestre e dos oceanos e ocasionando o aquecimento global”, explica.

De acordo com ele, são muitas as consequências do aquecimento global e algumas delas já se evidenciam, como o aumento da temperatura média no planeta que por sua vez eleva o nível dos oceanos e contribui com o desaparecimento gradual de ilhas e cidades litorâneas, aumentando também a frequência de eventos climáticos extremos, como tempestades tropicais, inundações, ondas de calor, secas e outros.

“Tendo em vista todos estes fatores, é fundamental a continuidade do trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Rally Erechim na elaboração do inventário de emissões, possibilitando o conhecimento do impacto das suas ações no meio ambiente, bem como também a posterior compensação destas emissões que é realizada por meio do plantio de árvores”, amplia Tomazoni.

Novidades

Neste ano, em busca de aumentar ainda mais a abrangência do inventário de emissões, foram disponibilizados formulários aos integrantes da organização para levantamento dos dados referentes a toda a preparação do evento. Estes formulários foram elaborados em meio digital para evitar o gasto de papel, que também é contabilizado.

Em cinco anos de execução, o projeto já alcançou números expressivos, sendo que já foram contabilizadas a emissão de cerca de 400 toneladas de CO² equivalente. Para a compensação deste montante foram plantadas quase 5 mil árvores nativas recuperando cerca de 20 hectares de áreas degradadas.

O plantio destas árvores para a compensação, ocorreu em sua grande maioria em áreas determinadas pelo Instituto Brasileiro de Florestas – IBF, entidade que certifica o trabalho e executa os plantios, mas também em áreas na região de Erechim, com apoio de diversas instituições públicas e privadas.

Neste ano a parceria com o Instituto Brasileiro de Florestas – IBF, será renovada, sendo que o Rally de Erechim será novamente certificado com o selo Plante Árvore e como um evento “Amigo da Floresta”. Ações ambientais, como plantios simbólicos de árvores nativas e ações de conscientização ambiental também serão desenvolvidas antes e durante os dias do evento nesta edição.

Programação

Quarta-feira – dia 23 de maio
09h00 – Início da montagem dos boxes no Parque de Apoio

Quinta-feira – dia 24 de maio
08h00 – Início do reconhecimento das especiais
08h00 – Início das verificações técnicas
19h – Largada promocional (Praça de Bandeira – centro)

Sexta-feira – dia 25 de maio
07h20 – Início dos shakedown / qualifying stage
08h00 – Início do reconhecimento das especiais
14h30 – Coletiva de Imprensa com autoridades e competidores (Sala de Imprensa Internacional)
15h00 – Escolha da ordem de largada (pilotos das categorias 4×4) (Sala de Imprensa Internacional)
18h38 – Super-Prime Noturno – SS Sicredi (Pista da Accie – Parque da Accie)

Sábado, dia 26 de maio
08h18 – Largada da SS Linha Batistela 1
08h56 – Largada da SS Barão de Cotegipe 1
09h24 – Largada da SS Paulo Bento 1
11h22 – Largada da SS Linha Batistela 1
12h00 – Largada da SS Barão de Cotegipe 1
12h28 – Largada da SS Paulo Bento 1
14h18 – Largada do Super-Prime Diurno – SS Sicredi

Domingo, dia 27 de maio
08h33 – Largada da SS Linha Aurora 1
09h01 – Largada da SS Cristalina/Vale Dourado 1
11h09 – Largada da SS Linha Aurora 1
11h37 – Largada da SS Cristalina/Vale Dourado 1
12h22 – Largada da SS Accie/Sicredi
13h30 – Premiação (Parque da Accie)

Total de quilometragem em especiais no sábado: 104,68 km (64%)
Total de quilometragem em especiais no domingo: 59,86 km (36%)
Total de quilometragem: 164,54 km (100%)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *