Rally dos Sertões: Equipe Volkswagen domina primeira etapa

Melhor do dia, Nasser Al-Attiyah andou forte e capotou o seu carro no super prime de Santa Helena. Ele continua na disputa.

A caravana da 17ª edição do Rally Internacional dos Sertões, formada por 1.700 pessoas, está na estrada. Na manhã desta quarta-feira (24), os 123 veículos inscritos disputaram a primeira etapa da competição, de Goiânia (GO) a Santa Helena (GO). O destaque do dia ficou por conta do Race Touareg 2, do catarense Nasser Al-Attiyah (piloto) e alemão Timo Gottschalk (navegador), que está na liderança.

Nesta quarta, além dos 256 quilômetros do trecho especial, aconteceu mais um super prime, prova em circuito fechado que serviu apenas como um show para o bom público presente na cidade de Santa Helena e que não somou tempo na disputa da etapa. Primeiro competidor a chegar na cidade, Zé Hélio, pilotando uma Honda CRF 450X, foi o melhor entre as motos, com 2h59min50s8. Campeão do Rally dos Sertões em 2008, o piloto superou uma queda e alguns desvios de animais para fechar o dia na frente.

“Me diverti muito, tomei um tombinho, mas nada de grave, e tive alguns empecilhos por ser o primeiro na trilha. Tinha também muito animais no roteiro, tive que espantar muitas vacas, o que atrapalhou um pouco”, disse Zé Hélio.

Quarenta minutos depois, Cristiano Souza Batista chegou na primeira colocação entre os quadriciclos. O piloto, que já havia sido o melhor no super prime de Goiânia (GO), realizado na noite anterior, fechou o dia com 3h39min59s6.

“A especial foi muito boa e é um ótimo começo de rally. Agora é pensar nas outras nove etapas. No final do trecho, pegamos uns 30 quilômetros de reta e isso não é bom para o quadri em relação às motos, mas cheguei perto dos meninos, como o Zé Hélio”, comentou Cristiano.

Favorita ao título entre os carros, a Volkswagen não decepcionou nesta quarta e ficou com as três primeiras colocações. O Race Touareg 2 do catarense Nasser Al-Attiyah e do alemão Timo Gottschalk foi o melhor do dia. Destaque ainda para o acidente que envolveu a dupla no super prime felizmente sem conseqüências. Com o equipamento reparado para quinta-feira (25), eles seguem normalmente na maior aventura brasileira.

“Foi uma boa experiência em uma condição não muito fácil, pois largamos em 10º. Foi um bom resultado e espero vencer este rally, pois eu queria participar do Rally do Sertões há três anos e não tinha condições de vir. Espero que o bom resultado se repita nas nove etapas que faltam”, disse Nasser, que completou a especial em 2h30min28s1 e lidera a competição.

Na segunda colocação, chegaram os brasileiros Maurício Neves e Eduardo Bampi. O terceiro Race Touareg 2 do dia, dos espanhóis Carlos Sainz e Lucas Senra, saiu do trecho por cerca de seis quilômetros por conta de um erro do navegador e perdeu um precioso tempo.

“O dia foi complicado porque nos perdemos em uma fazenda e andamos cerca de cinco, seis quilômetros a mais, perdendo muito tempo. Vamos ver amanhã como vai ser. Mas o dia foi positivo porque não tivemos nenhum problema com o carro”, declarou Sainz.

“Tive um pequeno erro na interpretação do roadbook e perdemos um pouco de tempo. Foi um pouco difícil para mim, porque é a primeira vez que estou correndo com esse roadbook, portanto é um pouco mais complicado para mim”, explicou Lucas Senra.

Fechando a galeria dos melhores da primeira etapa da 17ª edição do Rally dos Sertões, o trio formado por Edu Piano, Davi Fonseca e Sólon Mendes, em um Ford F4000, foi o destaque entre os caminhões com 3h14min02s5.

“Foi importante a estratégia que nós fizemos para essa etapa. Quando divulgaram a competição em São Paulo, soubemos que essa etapa seria muito dura, com muitas lombas. Modificamos a preparação, com mudanças na suspensão, que se mostrou eficiente. O caminhão ficou muito bom e é sempre bom começar ganhando”, falou Edu Piano.

Nesta quinta-feira, a segunda etapa acontecerá entre Santa Helena e Cidade de Goiás, ainda dentro do Estado goiano. A largada da especial acontece a partir das 08h00. Piloto de moto, Marcos Finato, com uma fratura de tornozelo esquerdo está fora do rally. Na referência 147, o competidor foi em frente quando deveria entrar à direita, e caiu em um buraco de quatro metros. Também de moto, Paulo Ancona cometeu o mesmo erro e teve uma costela quebrada. Ele foi desaconselhado pela equipe médica a seguir na prova.

Confira a relação dos melhores da primeira etapa (resultado extra-oficial):
Motos:
1º – Zé Hélio, Honda CRF 450X – 2h59min50s8
2º – Tiago Fantozzi, KTM 530 EXC – 3h01min58s1
3º – Bianchi Prata, BMW G450X – 3h11min05s3
4º – Carlinhos Ambrosio, KTM 690 – 3h13min38s3
5º – Dimas Mattos, KTM 690 Rally – 3h15min18s7
6º – Ramon Volkart, BMW G 450X – 3h21min03s8
7º – Jacek Czachor, KTM 690 Rally – 3h26min45s3
8º – Javier Fernandez Diego, Yamaha WRF 450 – 3h55min52s2
9º – Andrés Caballero Alcayaga, KTM 530 – 4h05min02s3
10º – Juca Bala, KTM EXC 450R – 4h30min25s6

Quadris:
1º – Cristiano Souza Batista, Suzuki 450 – 3h39min59s6
2º – Carlo Giovanni Collet Junior, Bombardier Renegade – 3h48min25s0
3º – Marcio José Pessoa de Oliveira, KTM 525 XC – 5h00min00s0

Carros
1º – Nasser Al Attiya/ Timo Gottschalk, VW Race Touareg 2 – 2h30min28s1
2º – Maurício Neves/ Eduardo Bampi, VW Race Touareg 2 – 2h34min03s1
3º – Carlos Sainz/ Lucas Sebastian, VW Race Touareg 2 – 2h35min52s5
4º – Jean Azevedo/ Youssef Haddad, Mitsubishi L200 Evolution – 2h48min42s0
5º – Romeu Franciosi/ Deco Muniz, Sherpa – 2h48min44s1
6º – Riamburgo Ximenes/ Stanger Eller, Mitsubishi L200 Evolution – 2h49min22s4
7º – Roberto Reijers/ Marcos Almeida, Ford Ranger – 2h50min32s5
8º – Zeca Sawaya/ André Sawaya, Mitsubishi L200 – 2h50min53s5
9º – Reinaldo Varela/ Marcos Macedo, Mitsubishi L200 RS – 2h53min52s1
10º – Fellipe Bibas/ Emerson Cavassin Mitsubishi L200 Evolution – 2h54min40s9

Caminhões:
1º – Edu Piano/ Davi Fonseca/ Sólon Mendes, Ford F4000 – 3h14min02s5
2º – Amable Barrasa/ Guilherme Petrine/ Raphael Bettoni, Ford F4000 – 3h22min00s5
3º – André Azevedo/ Maykel Justo/ Ronaldo Pinto, Mercedes-Benz Ateto 1725 – 3h41min01s1
4º – Guido Salvini/ Weidner Moreira/ Fernando Chwaigert, Mercedes-Benz Atego 1725 – 4h03min18s2
5º – Ulysses Marinzeck/ Evandro Luiz/ Jose de Carvalho, Ford 1722E Cargo – A 4h04min03s2
6º – Carlos Eduardo Ribeiro/ Fabio Tadeu/ Pedro de Lima, VW 13-180 – não completou
7º – Marcos Pegoraro/ Maria Antonieta/ Rogeverson Luiz, Iveco Daily 70-12 – não completou

O Rally dos Sertões 2009 é patrocinado por Petrobras e apoiado pelos Governos dos Estados de Goiás, Tocantins e Rio Grande do Norte, Ministério do Turismo, Goiás Turismo, Shopping Flamboyant, DCCO – Geradores e Motores Cummins, SAMA, Mitsubishi Motors e MACBOOT. O evento ainda conta com supervisão da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) e da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo). 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *