Rally dos Sertões: Varela e Macedo vencem pela quarta vez na Super Production

Dupla campeã teve seu melhor desempenho no rali e terminou o oitavo dia com o quinto lugar geral entre os carros.

Reinaldo Varela e Marcos Macedo (Mitsubishi/Pirelli/Blindarte) voltaram com tudo à 17ª edição do Rally Internacional dos Sertões. No oitavo dia de competição, disputado nesta quarta-feira (01/07), a dupla venceu a categoria Super Production e foi quinta colocada geral entre os carros. “Isso mostra a nossa regularidade durante a competição. Fizemos um bom trabalho de preparação e o carro está bastante rápido”, afirma Varela. Com o resultado, os líderes do Campeonato Brasileiro de Rali Cross Country acumulam vitórias em metade das oito Especiais disputadas.

Os 438 km percorridos no oitavo dia levaram os competidores à cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará. Já são cinco Estados (Goiás, Tocantins, Bahia, Pernambuco e Ceará) e 4.256 km percorridos. A Especial de quarta-feira foi a mais curta até agora. Foram 197 km de baixa velocidade, com estradas estreitas e sinuosas, marcadas por areia, atoleiros, cascalho, piçarras e travessia de barragens. “Foi uma especial bem rápida, mas traiçoeira, com algumas lombas e erosões que nos pegaram de surpresa. Mas foi gostoso de acelerar”, conta o navegador Marcos Macedo.

Com a proximidade de seu final, o Rally dos Sertões diminuiu o ritmo aos poucos. O nono dia (02/7) terá percurso total de 439 km entre Juazeiro do Norte e Caicó (RN), cruzando o Estado da Paraíba. O trecho cronometrado de 184 km é bastante técnico, com estradas estreitas e piso predominante de cascalho, com partes onde piso é de piçarra, areia e muitas pedras. O final da Especial será do tipo Trial, com muitas erosões. “Nosso compromisso é acelerar e conseguir um bom desempenho para nos posicionarmos bem para o último dia de provas”, conta Varela, único brasileiro campeão mundial de Rali Cross Country, em 2001.

O Rally termina nesta sexta-feira (03/07), em Natal (RN). Ao final de 10 dias de provas, os competidores terão atravessado sete Estados para completarem 5.045 km no segundo maior rali da América Latina. “Completar o rali será nossa vitória. Vamos atrás de mais vitórias nas últimas Especiais, mas queremos chegar ao final e cruzar a linha de chegada após passar pelas dunas no caminho até Natal”, garante Marcão Macedo.

Estes foram os primeiros da oitava Especial na categoria Super Production:

1) Reinaldo Varela/Marcos Macedo (303), 2h07min48s20;
2) Luiz Facco/Silvio Deusdará (316), 2h21min01s70;
3) Mauro Schenkenberg Guedes/Corban Costa (327), 2h25min23s80;
4) Cleber Rosa/Eduardo Rebouças (329), 2h28min25s90;
5) Otto Baumgart/Gabriel Foltram (342), 2h30min24s90;

Confira a programação dos dois últimos dias do Rally dos Sertões:

02/07 – 9ª etapa – Juazeiro do Norte (CE) – Caicó (RN)
Total do dia: 439km / Total da especial: 184km

03/07 – 10ª etapa – Caicó (RN) – Natal (RN)
Total do dia: 350km / Total da especial: 114km

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *