Rally: Em dia de novidades, Daniel completa a quarta-feira em Monte Carlo

Primeiro piloto brasileiro a disputar uma temporada do Intercontinental Rally Challenge, baiano destacou a importância de se completar o rali.

Depois do prólogo realizado ontem (19), começou hoje, em caráter oficial, a 78º edição do Rally de Monte Carlo, o mais antigo do mundo, sendo disputado desde 1911 (só não aconteceu entre os anos de 1913 a 1923 e de 1940 a 1948). Com piso bastante variado e alternando períodos com pista seca, neve e gelo, o piloto Daniel Oliveira, da Stohl Racing, completou seu dia de estreia no IRC (Intercontinental Rally Challenge) na 29ª posição na classificação geral. O líder do dia foi o finlandês Mikko Hirvonen, piloto regular do WRC (Mundial de Rali) que corre com o navegador Jarmo Lehtinen em um Ford Fiesta, com 1h34min01s8.

O tempo total do piloto baiano foi de 1h48min05s8 – a 14min04s da melhor marca do dia, e foi destacando sua evolução no decorrer das especiais. “Foi a primeira experiência real de competição aqui na Europa, em um dia que teve de tudo: pista seca, neve e bastante gelo, o que torna o piso muito escorregadio e difícil. Então me concentrei em terminar a etapa de hoje”, disse o competidor da equipe austríaca Stohl Racing, que corre ao lado do navegador espanhol Carlos Del Barrio, em um Peugeot 207.

Na primeira sessão, entre Burzet e La Champ Raphael, Oliveira completou os 27 quilômetros em 18min46s e na 33ª posição, a apenas 2min44s6 do melhor tempo, de Hirvonen/Lehtinen, com 16min01s4. Na segunda especial, entre St. Pierreville e Antraigues (45,17 km), Daniel fez o 31º tempo, com 35min22s7. Na terceira, entre Burzet e Lachamp Raphael (novamente com 27 qulômetros), o brasileiro melhorou sua marca e fez 17min49s6, a apenas 1min59s9 dos finlandeses líderes do estágio, e terminou na 27ª colocação. No último trecho do dia, Daniel completou os 45 quilômetros entre St Pierreville e Antraigues em 36min07s5; a soma dos resultados o colocou com a 29ª melhor marca acumulada do dia.

“Fui melhorando o ritmo aos poucos, conforme ia adquirindo segurança. Hoje foi um dia em que aumentei o entrosamento com a equipe e principalmente com o navegador. Mas não foi fácil, porque ainda estou me acostumando com o carro e com as condições de piso, porque para mim foi um dia cheio de novidades”, afirmou o primeiro brasileiro a disputar uma temporada do IRC.

“Hoje foi tudo conforme planejado. Muitos carros já abandonaram o rali, o que prova a importância de se fazer uma corrida com o máximo de concentração. Para mim é de extrema importância terminar este rali; é tudo novo e diferente do que eu estava acostumado e esta estreia está me trazendo um aprendizado gigantesco”, disse Daniel, que no ano passado competiu no Campeonato Argentino de Rally.

Nesta quinta (21) e sexta-feira (22) serão disputadas as especiais restantes do Rally de Monte Carlo, que abre a temporada do IRC.

Confira a programação restante do Rally de Monte Carlo (horário de Brasília):

Quinta-feira (21):
5h30: início especial 2 (Valence – Valence)

Sexta-feira (22):
3h30: início especial 3 (Valence – Monaco)

Sábado (23):
8h00: premiação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *