Rally: Em dia de pegas e muita velocidade, Riamburgo Ximenes e Stanger Eller vencem

Com muita chuva e trilha travada, a dupla cearense chega a 154 km/h e vence o dia.

A expectativa para a etapa, segunda do Piocerá 2009, entre Sete Cidades e Parnaíba, Piaui, era aguardado como o mais rápido e variado da prova, porém a chuva chegou e trouxe com ela mudanças que redefiniram o trecho cronomentrado do dia. Com a chuva forte, o trecho muito veloz se tornou ainda mais perigoso e, com dificuldades de posicionar as equipes médicas, a organização decidiu cancelar a primeira parte dos 179 quilômetros de percurso. Foi definida um relargada, com redução do percurso para apenas 75 quilômetros.

“A organização tomou a decisão correta, em um trecho rápido como o da primeira parte da trilha, os mais experientes pisariam forte e dominariam suas máquinas, porém, para os novatos que ainda estão conquistando seus limites, seria arriscado demais permitir a largada sem a garantia de uma boa estrutura médica”, comenta Stanger.

Mesmo com tanta redução, o dia foi intenso e extremamente competitivo. Na pista muita água, curvas mistas, trial e um final de alta velocidade. A briga foi pelo melhor tempo do dia foi com a dupla Alagoana Tatá Xavier/ Zé Luiz Coutinho, que largaram na frente e foram perseguidos pela dupla cearense sem descanso. O trecho travado, complicava as ultrapassagens e deixava a disputa ainda mais forte, os dois carros chegaram a final colados, e quem levou a melhor foram os cearense, Riamburgo e Stanger Eller.

“Hoje o dia foi delicioso. A trilha tinha de tudo um pouco e os competidores aceleraram muito. Nosso carro, em determinados pontos, mal cabia nos trechos mais fechados. As variáveis deixaram a trilha ainda mais apetitosa, e chegamos a 154km/h em meio a poças d’água e um piso liso. A melhor parte veio com o resultado, a vitória do dia”, declarou Riamburgo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *