Rally: Embreagem atrapalhou planos dos irmãos Koerich

Um problema no sistema hidráulico de acionamento da embreagem deixou Marlon e Jose Koerich presos na primeira parte da etapa maratona disputada na 2ª.feira.

O superaquecimento do fluido deixou a embreagem acionada impedindo o carro de se movimentar. “Vínhamos muito bem na nossa estratégia  de conquistar as posições com segurança até a embreagem mostrar sinais de fadiga, patinando em várias situações. Diminuímos mais o ritmo e paramos para tentar resolver. Infelizmente não conseguimos e tivemos que esperar nossa equipe de apoio que identificou o problema”, explicou Marlon.

Nesta 3ª.feira, Marlon e Joseane Koerich retornaram à competição e finalizaram na quarta colocação atrás de Palmeirinha e  Palmeiro que novamente venceram, com Franciosi e Bampi em segundo e Reinaldo Varela e Macedo em terceiro.

Com a impossibilidade de entrar no parque fechado até o horário limite na segunda- feira, a dupla catarinense foi penalizada (forfete)  e caiu para a 11ª posição na Super Production  e para 18º na geral. “Com o que aconteceu nos deixou fora da disputa direta por mais um título. Vamos continuar na prova para tentar melhorar nossa classificação e manter o espírito da competição que ao nosso ver é muito importante”, finalizou Marlon.

A  6ª etapa da competição contou com  504 quilômetros, destes 241 quilômetros foram de trechos cronometrados  sendo uns 120 Km de trechos muito difíceis, muitas pedras e buracos, com trechos de trial onde as velocidades foram baixas.

A etapa desta quarta-feira entre Lençóis e Senhor do Bonfim, na Bahia é uma das mais fáceis deste rali, mas vai exigir muita navegação. O trecho será rápido por estradas boas com 170 quilômetros cronometrados mais 308 de deslocamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *