Rally: Equipe JR Rally Team confirma dois carros para primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Velocidade

A cidade catarinense de Tijucas, a 40 quilômetros de Florianópolis, sediará a abertura do Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade, neste final de semana, 30 de março a 1º de abril.

A equipe paranaense JR Rally Team estará presente com dois carros. Um na A6 (carros 1.6 com preparação ) e outro na N2 ( carros 1.6 sem preparação).  Na A6 a  dupla Rafael Túlio e Gilvan Jablonski, (Yokohama / JR Acessórios / Fremax / Cobrec / Peugeot) campeões da Copa Peugeot  e vice-campeão brasileiro na A6, vem para brigar pelo título de 2007.

“Nosso Peugeot 206 ainda não está pronto. Vamos correr com o mesmo motor da Copa Peugeot. Já mudamos alguma coisa, mas estamos no desenvolvimento do carro”, explicou Túlio.

Já na categoria N2, o piloto Marcos Bergamini (JR Acessórios)  ainda não tem definido o nome do navegador para esta etapa. “Meu navegador teve contratempos e vai ficar fora e ainda estou definindo quem vai andar. A navegação é muito importante, pois o Rali do Litoral será uma prova rápida e qualquer erro poderá levar a uma batida forte”, disse Bergamini.

As duplas estarão em Tijucas já nesta quinta-feira para iniciar os treinos e o levantamento do roteiro. A prova inicia na sexta- feira com a Largada Promocional em Balneário Camboriú na Avenida Atlântica às 20 horas. No sábado as duplas iniciam a competição ás 12h20min em Tijucas com a disputa de seis trechos cronometrados até as 18 horas.

No domingo os carros voltam para disputar mais dois trechos cronometrados e depois irão para Balneário Camboriú onde participam de um Super Prime promocional a partir do meio-dia. No início da tarde será feita a premiação. Ao todo serão cerca de 104 quilômetros de trechos cronometrados.

A equipe JR tem o objetivo de marcar pontos que devem ser importantes para um campeonato que não tem descartes. “Vou em busca do maior número de pontos possíveis já que o carro ainda não está pronto”,  finalizou Túlio. Já, Mauro Bergamini que este ano quer  brigar por posições melhores na N2 e quem sabe entrar na briga pelo título nacional.

“Vai ser um campeonato muito disputado e com muitos carros e  promete ser um dos melhores dos últimos anos na N2 com equipes oficiais de fábrica na disputa. Isso enriquece muito”, finalizou Mauro Bergamini que finalizou a Copa Peugeot em 2006 na quinta colocação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *