Rally: Equipe Rally Minas termina bem colocada a etapa maratona

A etapa maratona não foi tão difícil quanto os competidores esperavam, mas ainda sim exigiu cautela. Numa tocada consciente, Pedro Gouvêa e Wagner de Paula estão com o veículo em perfeitas condições para correr a prova de amanhã.

A dupla mineira Pedro Gouvêa e Wagner de Paula sobreviveu aos desafios da etapa maratona e terminou o dia na 17ª posição, como o tempo de 4 horas 37 minutos 21 segundos. Os competidores do 15º Rally dos Sertões saíram hoje cedo de Palmas, TO, com destino ao município de Alto Parnaíba, MA. No total foram percorridos 683 quilômetros, sendo 392 de especial.


 


O roteiro, que passou pelo Jalapão, TO, foi inédito. Por se tratar de uma etapa maratona, os participantes tiveram de administrar a corrida diante do circuito sinuoso, com areia, erosões, pedras, pontes precárias, riachos e regiões mais alagadas. Ao terminar a especial, a regra é a seguinte: fica proibida a manutenção dos veículos tanto pelos competidores quanto pelos mecânicos. O reparo só pode ser feito após a largada do dia seguinte.


 


Desta forma, Pedro e Wagner estacionaram a Mitsubishi L200 RS no parque fechado e devido uma pilotagem consciente, o carro não sofreu avarias e está em perfeitas condições de largar para a etapa seguinte. “Poupamos o equipamento, mas enfrentamos muita areia e terreno variado. A navegação foi difícil, pois as referências estavam bem próximas. No geral, usamos a mesma estratégia dos dias passados e assim vamos continuar”¸ falou Wagner.


 


Já Pedro terminou a prova cansado. “Foi curva atrás de curva, a picape toda hora escorregava. Foi cansativo mantê-la na estrada. Mas andamos limpo, a L200 está inteira e vamos continuar nesse mesmo ritmo”, informou.


 


Amanhã é domingo de dia dos pais, e por aqui, Pedro terá muito que comemorar, já que o pai acompanha-o nessa aventura. “Sou um grande incentivador do meu filho neste esporte. Enquanto ele está dentro das trilhas fico preocupado, querendo saber a todo o momento o que está acontecendo. Quando vejo meu filho chegar, meu coração não se agüenta de tanto orgulho, principalmente, quando vejo que ele é ‘bom de braço’ e que está sempre entre os primeiros”, declarou o pai, Pedro Paulo Gouvêa.


 


Pedro, o filho, diz que melhor companhia não há. “Preciso dele junto de mim numa prova como essa. Ela me transmite força e animo”, encerrou.


 


O Rally dos Sertões segue para a cidade de São Raimundo Nonato, no Piauí, num total de 643 quilômetros percorridos, em 309 de trechos cronometrados. Trecho sinuoso, de cascalho, com alguma depressões secas no solo, serão alguns dos obstáculos do dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *