Rally: Equipe sorocabana não termina a 3ª etapa do Paulista

Antonio Sampaio e Marcos Basílio passam por mais dificuldades mecânicas. Na 2ª especial da 3ª etapa do Campeonato Paulista de Rally Cross-Country, a dupla enfrenta o terceiro drama com a quebra da caixa de transferência.

A dupla sorocabana, Antonio Sampaio e Marcos Basílio não terminou a 3ª etapa do Campeonato Paulista de Rally Cross-Country, que aconteceu neste sábado, 28 de abril, na cidade de São Carlos, SP. Nomeado de Rally dos Pinhais, a prova foi realizada dentro da Fazenda Usina da Serra, e contou com 33, 5 quilômetros percorridos por três especiais, num total de 100,5 quilômetros.

Compareceram à disputa 33 equipes, que enfrentaram um trajeto em meio a canavial, com muitas erosões, cascalhos e curvas de nível, que ocasionaram grandes saltos. A mescla de trechos rápidos e sinuosos em piso bastante liso, exigiu técnica de pilotagem, afinal, os carros escorregavam o tempo todo. Para os navegadores, bastante atenção na planilha, que apresentou referências próximas e repletas de obstáculos a serem ditados ao piloto.

Na primeira especial, Sampaio e Basílio fizeram o 2º tempo na categoria Production, com 32 minutos e 14 segundos – apenas 20 segundos do primeiro. Eles passaram da linha de chegada contentes e bem adrenados. ”Foi uma volta excelente e executamos um bom trabalho. Houve um momento, numa curva à direita, que o pneu calçou e o carro levantou as duas rodas a quase 45º. Puxei o volante para a esquerda para o Troller não virar”, detalhou animado Sampaio.

No entato, durante a segunda especial, a dupla ouviu um barulho no Troller. “Verificamos que a caixa de transferência tinha quebrado de novo, e não havia mais nada a fazer. É desanimador, pois é a terceira vez que isso acontece em tão pouco de tempo. Agora é consertar o equipamento para poder correr na etapa de amanhã”, declarou o piloto.

Neste domingo, 29, será realizada a 4ª etapa do Campeonato Paulista, na Fazenda Sapoti/Santa Fé, também em São Carlos. São esperados cerca de 111 quilômetros, percorridos em três especiais de 37 quilômetros. “Faremos o possível e o impossível para estar com o carro em ordem. Vamos nos esforçar para conquistar um bom resultado e buscar a recuperação na competição”, encerrou esperançoso Sampaio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *