Rally: Estratégia deixa Édio e Gilvan em segundo no Rally Internacional de Erechim

Depois de muita chuva e lama, a dupla Edio Fuchter e Gilvan Jablonski (Mitsubishi/ SuperAuto/ Yokohama) finaliza em segundo lugar a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade em Erechim entre os dias 2 e 4 de maio no Rio Grande do Sul.

Mesmo com a chuva forte e muita lama, Edio e Gilvan optaram em andar com pneus para piso seco , pois é mais resistente e a opção foi feita pela durabilidade em detrimento do rendimento. “Em 2006 liderava essa mesma prova e na última especial com vantagem de 40 segundos furei dois pneus. Aprendi a lição e nessa prova não tive problemas com o  pneu”, explicou Edio.

A vitória na categoria N4 foi para a dupla de Florianópolis, Scheer / Rocha com vantagem de apenas 3,2 segundos e em terceiro Spinelli e Vivolo. Com esse resultado as posições no campeonato se mantém inalteradas com a liderança de Scheer/Rocha com 20 pontos, Edio / Gilvan em segundo com 18 e Spinelli e Vivolo em terceiro com 16.

No sábado a chuva foi forte e com o piso muito enlameado, o rendimento de todas as duplas ficou comprometido. Com a opção pela durabilidade, Edio e Gilvan não conseguiram acompanhar o ritmo de Scheer / Rocha que usaram pneus de chuva. Mesmo assim, à medida que a pista secava, quando parou a chuva, Édio ainda conseguiu ser o mais rápido na última especial do dia.

No domingo, sem chuva, a dupla ainda partiu para uma prova de recuperação, conseguindo recuperar mais de 40 segundos  em três especiais mas com o cancelamento do Super Prime (as duas últimas especiais SS13 e 14) acabou  finalizando na segunda colocação. Das seis especiais previstas para domingo, foram disputadas quatro.

“Agora vamos trabalhar para melhorar o carro para a prova de Minas Gerais no final do mês. A disputa está forte e temos que reagir para não ficar com muitos pontos de diferença”, finalizou Édio.

A terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Rali de Velocidade será realizada na cidade mineira de Divinópolis entre os dias 30 e 31 de maio.

Os 3 primeiros na N4 pelo brasileiro de rali (extra-oficial):

Pos.N. Piloto /Navegador  Carro Tempo total
1)  5 SCHEER, Oswaldo   ROCHA, Gilson BR BR MITSUBISHI LANCER Evo IX 1h44min16,8
2)  6 FUCHTER, Edio   JABLONSKI, Gilvan BR BR MITSUBISHI LANCER Evo IX 1h44min20,0
3)   8 SPINELLI, Guilherme   VIVOLO, Marcelo BR BR MITSHUBISHI LANCER Evo IX  1h47min04,0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *