Rally: Falha em conector deixa Palmeirinha parado por três horas no Rally da Tunísia

Com problema, brasileiro foi o 32º e agora está mais de quatro horas atrás do líder da competição.

Mais um dia de problemas no Rally da Tunísia para o piloto brasileiro Paulo Nobre, o Palmeirinha (Itaú Private Bank). Nesta segunda-feira (28/04), uma falha elétrica na BMW X3 usada por ele e pelo navegador português Filipe Palmeiro fez com que eles perdessem mais de três horas na especial de 459 km que ligou as cidades de Al Qaryat a Idri,a na Líbia. A vitória na rodada ficou com os franceses Dominique Houssieaux/Jean Michel Polato, a bordo de um buggy Schlesser.


“É incrível, mas basta um conectorzinho de cinco euros para deixar parado uma “usina supersônica” como nosso carro”, lamentou Nobre ao final de mais um dia complicado. No primeiro quilômetro de prova, a BMW X3 da dupla começou a falhar e eles voltaram ao início da Especial para a equipe solucionar o problema, mas nada foi encontrado e o carro passou a funcionar normalmente. A dupla luso-brasileira tentou reiniciar o dia, mas no quilômetro 30 o problema voltou e o carro apagou de vez. A partir daí foram três horas testanto vários ítens do veículo até encontrarem um conector em curto. “ Algo tão simples, que ninguém poderia prever. Aí fizemos o restante da Especial sozinhos, até encontrarmos vários carros atolados nas dunas. Mas terminamos o dia 3h19min38s atrás do 1º colocado”, disse.


Apesar dos problemas, Palmeirinha reconhece a força da BMW X3. “O carro, fora esse pequeno problema, está ótimo. Estamos usando uma nova versão, com um motor teoricamente mais fraco que o antigo por imposição do regulamento, mas o conjunto está bem forte. Também em virtude do regulamento estamos usando um câmbio de cinco marchas, ao invés de seis como no ano passado, mas isso é só questão de me acostumar. Hoje tivemos uma Especial longa, que no início tinha um trecho duro, com partes sinuosas, partes rápidas, mas sempre com depressões e pedras. Onde ficamos parados arrumando o carro, não se via nada no horizonte, um “desertão” só, mas que era de areia e sim de terra batida e pedras. E as dunas que tivemos pela frente não eram difíceis, pois eram de areia vermelha, mais dura que a branca. Agora estamos a mais de quatro horas do líder e é muito difícil mudar essa situação. Mas a vitória do Palmeiras ontem compensa tudo”, contou Palmeirinha, se refrindo a vitória do Palmeiras por 1×0 sobre a Ponte Preta na primeira partida da fase final do Campeonato Paulista de Futebol.


Nesta terça-feira (29/04), o Rally da Tunísia tem uma especial em laço, ou seja, com largada e chegada na cidade de Idri. Ao todo serão percorrido 426 km, com 359 km de trecho cronometrado.


O resultado da 4ª etapa do Rally da Tunísia.
1º Dominique Houssieaux/Jean Michel Polato (Schlesser), 4h05min50s
2º Orlando Terranova/Lee Palmer (BMW), a 5min00s
3º Eric Vigourox/Alexandre Winocq (Chevrolet), a 14min06s
4º Jose Luis Monterde/Jean Marie Lurquin (Schlesser), a 18min25s
5º Bernard Errandonea/Jean Marie Garcin (SMG), a 27min23s
6º Kenjiro Shinozuka/Jean Paul Forthomme (Nissan), a 33min48s
7º Maurizio Traglio/MArc Bartholome (Nissan), a 38min39s
8º Ludovic Leloup/Sofiane Driss (Buggy), a 38min46s
9º Christian Lavieille/François Borsotto (Dessoude), a 38min53s
10º Krysztof Holowczyc/Jean Marc Fortin (Nissan), a 54min59s
32º Paulo Nobre/Filipe Palmeiro (BMW), a 3h19min38s


Após quatro etapas realizadas, a classificação da prova está assim:
1º Orlando Terranova/Lee Palmer (BMW), 11h26min30s
2º Dominique Houssieaux/Jean Michel Polato (Schlesser), a 3min48s
3º Eric Vigouroux/Alexandre Winocq (Chevrolet), a 8min35s
4º Christian Lavieille/François Borsotto (Dessoude), a 24min16s
5º Bernard Errandonea/Jean Pierre Garcin (SMG), a 31min50s
6º Krysztof Holowczyc/Hean Marc Fortin (Nissan), a 39min48s
7º Jose Luis Monterde/Jean Marie Lurquin (Schlesser), a 57min29s
8º Maurizio traglio/Marc Bartholome (Nissan), a 1h18min19s
9º Kenjiro Shinozuka/Jean Paul Forthomme (Nissan), a 1h29mmin59s
10º Ludovic Leloup/Sofiane Driss (Buggy), a 1h36min55s
22º Paulo Nobre/Filipe Palmeiro (BMW), a 4h37min45s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *