Rally: Palmeirinha é o 7º colocado em dia de dunas

Com o resultado, brasileiro sobe na classificação da prova e vai largar na frente dos caminhões nesta quarta-feira.

Enfim, um dia sem problemas sérios para a dupla luso-brasileira Paulo Nobre/Filipe Palmeiro (Itaú Private Bank) no Rally da Tunísia, prova que abre o Campeonato Mundial de Rali Cross Country da FIA. Nesta terça-feira (29/04) os participantes disputaram uma Especial de 359 km com largada e chegada na cidade de Idri, onde as dunas foram as principais características do dia. Nobre/Palmeiro, a bordo de uma BMW X3, obtiveram o 7º melhor tempo da etapa, que teve Orlando Terranova/Lee Palmer como a dupla mais rápida.


A Especial de hoje teve um piso rápido em seu início, seguido por trechos sinuosos, mas logo começou o piso de areia que se transformou em dunas na sequência. “Não tivemos problemas para passar por todas as dunas. Acho que finalmente estou aprendendo, mas ainda falta muito para ficar contente! Nos distraímos duas vezes e demos umas “perdidelas”. Foi uma pena, mas faz parte e antes isso acontecer agora do que se estivessemos disputando alguma coisa”, falou Nobre.


Se o resultado obtido ainda não é o esperado pelo brasileiro, a colocação desta terça-feira permite a Palmeirinha largar na frente dos caminhões que disputam o rali, o que não aconteceu nos últimos dois dias em virtude dos problemas enfrentados por Nobre/Palmeiro. “Não adianta chorar sobre o leite derramado! Na classificação da prova estamos em “bagagésimo” e hoje ficamos em 7º, resultado que, quem me conhece, sabe que não me dá nem um pouco de orgulho. Ainda mais que aquí esta correndo só a “2ª divisão” do Cross Country mundial, já que a 1ª divisão (os pilotos oficiais de fábrica) foram correr o Dakar Series que aconteceu na Hungria semana passada. Mas vamos olhar as coisas pelo lado positivo e divertido. Com a classificação de hoje, amanhã não vamos largar atrás de alguns caminhões como aconteceu nos ultimos dois dias”, contou o brasileiro, que não terá que ultrapassar os caminhões durante o trecho cronometrado desta quarta-feira, o mais longo da competição. Serão percorridos 635 km entre as cidades de Idri e Sinawin, na despedida do rali da Líbia, com 502 km cronometrados.


Resultadoda 5ª etapa:
1º Orlando Terranova/Lee Palmer (BMW), 3h51min19s
2º Krysztof Holowcyc/Jean Marc Fortin (Nissan), a 5min45s
3º Jose Luis Monterde/Jean Marie Lurquin (Schlesser), a 10min29s
4ªº Eric Vigourox/Alexandre Winocq (Chevrolet), a 18min29s
5º Bernard Errandonea/Jean Pierre Garcin (SMG), a 19min08s
6º Chrsitian Lavieille/François Borsotto (Dessoude), a 20min51s
7º Paulo Nobre/Filipe Palmeiro (BMW), a 30min24s
8º Philippe de Korsak (SMG), a 33min29s
9º Dominique Houssieaux/Jean Michel Polato (Schlesser), a 39min05s
10º Maurizio Traglio/Marc Bartholome (Nissan), a 40min16s


A classificação da prova após cinco etapas:
1º Orlando Terranova/Lee Palmer (BMW), 15h17min49s
2º Eric Vigourox/Alexandre Winocq (Chevrolet), a 27min04s
3º Dominique Houssieaux/JEan Michel Polato (Schlesser), a 42min53s
4º Christian Lavieille/François Borsotto (Dessoude), a 45min07s
5º Krysztof Holowczyc/Jean Marc Fortin (Nissan), a 45min33s
6º Bernard Errandonea/Jean Pieere Garcin (SMG), a 50min58s
7º Jose Luis Monterde/Jean Marie Lurquin (Schlesser), a 1h07min58s
8º Maurizio Traglio/Marc Bartholome (Nissan), a 1h58min35s
9º Kenjiro Shinozuka/Jean Paul Forthomme (Nissan), a 2h12min53s
10º Janis Naglis/Janis Naglis (Mitsubishi), a 2h47min09s
14º Paulo Nobre/Filipe Palmeiro (BMW), a 4h55min49s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *