Rally: Hugo e Kaíque chegam a Taubaté tentando se manter entre os primeiros

Um ano depois, Hugo Rodrigues volta ao circuito de Taubaté, no Vale do Paraíba, em São Paulo. Essa foi a pista onde ele fez a estréia como piloto de carros, no ano passado.. Na ocasião, terminou em 6º lugar. Desta vez a situação é diferente, bem melhor: Hugo e o navegador Kaíque Bentivoglio chegam à quarta etapa da Mitsubishi Cup na terceira colocação da classificação geral, com 91 pontos, 21 atrás dos líderes.

Para se manter com chances de título, Hugo já tem a receita. “Temos que ficar sempre entre os três primeiros.. Toda etapa do campeonato é importante e os cincos primeiros colocados estão muito próximos. Por isso é fundamental andar bem nas três baterias”.

A pista, de aproximadamente 30 km , conta com alternância de pisos e características, num circuito muito técnico. “É uma pista muito rápida, que requer muita habilidade. Há uma mistura de trechos rápidos e partes mais travados, que exige muito dos pilotos.”, destaca Hugo.

Para navegação parece que visualizar a pista não será problema. “A vegetação é baixa, dá para ter muita referência no visual, isso ajuda bastante na hora de andar mais rápido”, completa o navegador Kaique.

E se o tempo fechar e a chuva cair, é problema? Que nada. “Se chover, melhor para gente. Adoramos uma lama”, conclui a dupla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *