Rally: Imprevistos deixam equipe Salvini Racing em sétimo lugar entre os caminhões

Problemas com a hélice do ventilador impediram bom desempenho da Salvini Racing no primeiro dia da 16ª edição do Rally dos Sertões.

A equipe Salvini Racing não obteve um resultado favorável na especial de hoje do Rally Internacional dos Sertões. A bordo do caminhão Mercedes-Benz Atego 1725, o trio ficou em sétimo lugar na classificação geral da categoria, com o tempo de 3h 02min50.

Apesar de começar a prova muito bem, conduzindo o veículo dentro do ritmo de velocidade planejado, o time enfrentou alguns imprevistos ainda no início do trecho cronometrado de 184 quilômetros, entre as cidades de Goiânia e Rio Verde, GO. “Por volta do quilômetro 50, começamos a ouvir um barulho na hélice do ventilador. Tivemos que parar para fazer os reparos e perdemos muito tempo. Vimos também que a correia estava arrebentada. Infelizmente, hoje não tivemos sorte”, contou o piloto Guido Salvini.

A equipe teve que poupar o caminhão para evitar o aquecimento do motor. “Chegamos até o final graças ao trabalho do nosso co-piloto, Ventania, que ajustou provisoriamente o Atego”, disse o navegador Weidner Moreira.

Mesmo com todas as dificuldades, Guido ainda conseguiu acelerar a partir da segunda metade da prova. “Atingimos 165 km/h nos trechos de longas retas”, lembrou o piloto. Ao final, eles ainda cumpriram mais um super-prime de 1,5 quilômetro na cidade de Santa Helena.

O Rally Internacional dos Sertões continua nesta quinta-feira, 19 de junho. Os participantes partem de Rio Verde com destino à Aruanã, também em Goiás. Para a Salvini Racing, a expectativa é recuperar o tempo perdido. “Vamos manter a estratégia de poupar o equipamento até a etapa maratona, que será realizada no próximo sábado”, confidenciou Guido.

Estão previstos para amanhã 222 quilômetros de especial, deste número, 40 quilômetros serão travados, em região de serra com muitas erosões. Piçarra, mata-burros e travessias de rios, completam os obstáculos do dia. A navegação será complicada, exigindo concentração. “Sertões é assim mesmo, se perde num dia e ganha no outro. Teremos tempo para reaver o prejuízo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *